Cão de George H. W. Bush presta uma última homenagem junto ao caixão

Cão de George H. W. Bush presta uma última homenagem junto ao caixão

Sully era o cão de George H. W. Bush, que morreu na sexta-feira. O cão, que estava treinado para acompanhar o ex-presidente, prestou uma última homenagem.

A imagem partilhada no twitter, pelo porta-voz da família Bush, que mostra o cão do ex-presidente ao lado do caixão, está a tornar-se viral. Com a legenda «missão cumprida», o labrador retriever, de seu nome Sully HW Bush, prestou uma última homenagem ao seu dono.

 

George H. W. Bush, ex-presidente dos EUA, morreu na passada sexta-feira, dia 30 de novembro,  aos 94 anos. Em junho do presente ano, depois da morte da sua mulher, Barbara Bush, recebera Sully. O antigo presidente sofria da doença de Parkinson e o cão ajudava-o em várias tarefas do dia-a-dia. Desde abrir portas, apanhar objetos e, em casos de necessidade, sabia pedir ajuda.

LEIA MAIS: Casal estrela do Instagram encontrado morto em casa

«Como alguém disse, ele pode fazer tudo exceto fazer-lhe um martini, mas não se preocupe, ele pode ir chamar alguém para lhe preparar um martini», afirmou o porta-voz, na altura em que foi oferecido.

O nome Sully foi inspirado em Chesley B “Sully” Sullenberger III, o piloto considerado um herói por ter conseguido amarar um avião danificado no rio Hudson, em 2009, salvando a vida às 155 pessoas a bordo.

O animal vai agora regressar à America’s VetDogs, associação que oferecera o cão a Bush.

«Por muito que a nossa família vá sentir a falta deste cão, é reconfortante saber que ele vai levar a mesma alegria à sua nova casa», escreveu o filho e também ex-presidente norte-americano, George W Bush.

George H.W. Bush – O 41.º Presidente dos Estados Unidos

George H. W. Bush morreu na noite de sexta-feira, dia 30 de novembro, oito meses depois da morte de sua esposa, Barbara Bush. Serviu o país de 1989 a 1993. Oito ano depois assistiu à posse do seu filho George W. Bush.

o ex-presidente dos EUA viu sua popularidade aumentar no período da Guerra do Golfo em 1991. O republicano acabou por ser derrotado pelo democrata Bill Clinton, quando procurava assegurar um segundo mandato.

Também foi um herói da Segunda Guerra Mundial, congressista do Texas, diretor da CIA e vice-presidente de Ronald Reagan.

O 41º presidente dos EUA tinha sido internado no hospital com uma infeção no sangue em 23 de abril, um dia após o funeral da ex-primeira dama. Voltou a ser hospitalizado em maio, indicando pressão baixa e fadiga.

Acabou por ter alta alguns dias depois e comemorou seu aniversário em 12 de junho – fazendo história, ao tornar-se o primeiro ex-Presidente a atingir a idade de 94 anos.

O antigo presidente era o patriarca de uma dinastia política que inclui o filho, que foi também Presidente, outro como governador, John Ellis Bush (que chegou a ser candidato nas primárias republicanas à presidência dos EUA) e um neto que atualmente ocupa um cargo estadual no Texas.

LEIA MAIS: Previsão do tempo para terça-feira, 4 de dezembro de 2018

Texto: Redação WIN - Conteúdos Digitais

 

 

Siga a Impala no Instagram

Impala Instagram


RELACIONADOS

Cão de George H. W. Bush presta uma última homenagem junto ao caixão

Sully era o cão de George H. W. Bush, que morreu na sexta-feira. O cão, que estava treinado para acompanhar o ex-presidente, prestou uma última homenagem.