Cão de George H. W. Bush presta uma última homenagem junto ao caixão

Sully era o cão de George H. W. Bush, que morreu na sexta-feira. O cão, que estava treinado para acompanhar o ex-presidente, prestou uma última homenagem.

Cão de George H. W. Bush presta uma última homenagem junto ao caixão

Cão de George H. W. Bush presta uma última homenagem junto ao caixão

Sully era o cão de George H. W. Bush, que morreu na sexta-feira. O cão, que estava treinado para acompanhar o ex-presidente, prestou uma última homenagem.

A imagem partilhada no twitter, pelo porta-voz da família Bush, que mostra o cão do ex-presidente ao lado do caixão, está a tornar-se viral. Com a legenda «missão cumprida», o labrador retriever, de seu nome Sully HW Bush, prestou uma última homenagem ao seu dono.

 

George H. W. Bush, ex-presidente dos EUA, morreu na passada sexta-feira, dia 30 de novembro,  aos 94 anos. Em junho do presente ano, depois da morte da sua mulher, Barbara Bush, recebera Sully. O antigo presidente sofria da doença de Parkinson e o cão ajudava-o em várias tarefas do dia-a-dia. Desde abrir portas, apanhar objetos e, em casos de necessidade, sabia pedir ajuda.

LEIA MAIS: Casal estrela do Instagram encontrado morto em casa

«Como alguém disse, ele pode fazer tudo exceto fazer-lhe um martini, mas não se preocupe, ele pode ir chamar alguém para lhe preparar um martini», afirmou o porta-voz, na altura em que foi oferecido.

O nome Sully foi inspirado em Chesley B “Sully” Sullenberger III, o piloto considerado um herói por ter conseguido amarar um avião danificado no rio Hudson, em 2009, salvando a vida às 155 pessoas a bordo.

O animal vai agora regressar à America’s VetDogs, associação que oferecera o cão a Bush.

«Por muito que a nossa família vá sentir a falta deste cão, é reconfortante saber que ele vai levar a mesma alegria à sua nova casa», escreveu o filho e também ex-presidente norte-americano, George W Bush.

George H.W. Bush – O 41.º Presidente dos Estados Unidos

George H. W. Bush morreu na noite de sexta-feira, dia 30 de novembro, oito meses depois da morte de sua esposa, Barbara Bush. Serviu o país de 1989 a 1993. Oito ano depois assistiu à posse do seu filho George W. Bush.

o ex-presidente dos EUA viu sua popularidade aumentar no período da Guerra do Golfo em 1991. O republicano acabou por ser derrotado pelo democrata Bill Clinton, quando procurava assegurar um segundo mandato.

Também foi um herói da Segunda Guerra Mundial, congressista do Texas, diretor da CIA e vice-presidente de Ronald Reagan.

O 41º presidente dos EUA tinha sido internado no hospital com uma infeção no sangue em 23 de abril, um dia após o funeral da ex-primeira dama. Voltou a ser hospitalizado em maio, indicando pressão baixa e fadiga.

Acabou por ter alta alguns dias depois e comemorou seu aniversário em 12 de junho – fazendo história, ao tornar-se o primeiro ex-Presidente a atingir a idade de 94 anos.

O antigo presidente era o patriarca de uma dinastia política que inclui o filho, que foi também Presidente, outro como governador, John Ellis Bush (que chegou a ser candidato nas primárias republicanas à presidência dos EUA) e um neto que atualmente ocupa um cargo estadual no Texas.

LEIA MAIS: Previsão do tempo para terça-feira, 4 de dezembro de 2018

Texto: Redação WIN - Conteúdos Digitais

 

 

Impala Instagram


RELACIONADOS