Bebé morre durante o parto e hospital entrega ratazana aos pais [imagens fortes]

O hospital emitiu um pedido de desculpas à família dois dias depois do erro e garantiu que foi aberto um inquérito interno ao caso. No entanto, os responsáveis da unidade hospitalar não conseguiram localizar o corpo da bebé para o entregar aos pais.

Bebé morre durante o parto e hospital entrega ratazana aos pais [imagens fortes]

O hospital emitiu um pedido de desculpas à família dois dias depois do erro e garantiu que foi aberto um inquérito interno ao caso. No entanto, os responsáveis da unidade hospitalar não conseguiram localizar o corpo da bebé para o entregar aos pais.

Os pais de uma bebé que morreu durante o parto ficaram em choque quando perceberam que o hospital lhes entregou um saco que, em vez do corpo da filha, tinha uma ratazana morta. O caso está a gerar indignação e os pais exigem que o Hospital Tomas Uribe, na Colômbia, assuma responsabilidades. De acordo com o The Sun, Jari Daniel Velez deu entrada naquele hospital, em Tulua, na Colombia, no dia 15 de maio, às 28 semanas de gravidez. As complicações durante o parto resultaram na morte da pequena Emily Samara.

O pai, Daniel Alejandro Jaramillo, foi à morgue para poder ver o corpo da filha e chorar a sua morte. O hospital tinha entregado o corpo da menina dentro de um saco, fechado numa caixa. Ao abrir a caixa, encontrou o saco, para ser entregue na funerária e, lá dentro, estava uma ratazana de grandes dimensões morta, assim como um par de luvas descartáveis. “Fiquei em choque. Era um roedor, uma ratazana enorme“, conta à rádio colombiana Caracol.

Hospital não conseguiu encontrar corpo da bebé

  1. O hospital emitiu um pedido de desculpas à família dois dias depois do erro e garantiu que foi aberto um inquérito interno ao caso. No entanto, os responsáveis da unidade hospitalar não conseguiram localizar o corpo da bebé para o entregar aos pais, para que estes possam fazer as cerimónias fúnebres da filha. “A única coisa que eu quero é justiça. Quero que me entreguem a minha menina, para lhe poder dar um enterro digno e cristão“, diz, em lágrimas, Daniel. A família já fez queixa às autoridades e tem estado à porta do hospital, com cartazes, em protesto.

LEIA AINDA
«Vamos matar-te, antes 50 anos de prisão do que uma filha lésbica», diz mãe de jovem
«Vamos matar-te, antes 50 anos de prisão do que uma filha lésbica», diz mãe de jovem homossexual
“Se voltares vamos matar-te. Antes 50 anos de prisão do que uma filha lésbica” ou “antes uma filha viciada em drogas do que uma lésbica”, foram algumas mensagens que a jovem recebeu dos pais. (… continue a ler aqui)

Impala Instagram


RELACIONADOS