Áustria. Mata ex-namorada e toda a sua família em ataque de ciúmes

Jovem tirou a vida aos pais e irmão e namorado da antiga companheira. Chacina deixou a comunidade de Kitzbühel, na Áustria, em consternação profunda.

Áustria. Mata ex-namorada e toda a sua família em ataque de ciúmes

Jovem tirou a vida aos pais e irmão e namorado da antiga companheira. Chacina deixou a comunidade de Kitzbühel, na Áustria, em consternação profunda.

Nadine Hinterholzer, 19 anos, foi assassinada pelo ex-namorado, Andreas E, 25 anos, na cidade de Kitzbuhel, Áustria, uma conhecida estância de esqui, na madrugada de domingo, 6 de outubro. A estudante tinha terminado a relação com o suspeito há quatro meses e tinha encontrado um novo amor. No domingo, Andreas dirigiu-se à casa da ex-namorada. Exigiu ter uma conversa com ela, mas foi impedido de entrar na casa onde Nadine Hinterholzer vivia com os pais e o irmão. O novo namorado também estava presente no dia da tragédia. Terá sido a presença desse jovem que esteve na origem de um ataque de ciúmes por parte do suspeito.

LEIA DEPOIS
Tiroteio na Alemanha faz dois mortos perto de sinagoga

Depois do massacre na estância de esqui na Áustria, entregou-se à Polícia

O jovem regressou ao local com uma pistola e matou cinco pessoas: a ex-namorada, os pais e o irmão dela e o novo companheiro. O homem atirou no pai de Nadine assim que ele abriu a porta da casa. Subiu depois as escadas e matou a mãe, Andrea, e o irmão, Kevin, que estavam a dormir. Para chegar ao quarto em que o casal estava, trepou uma varanda, do lado de fora de casa. Florian Janny, de 24 anos, e Nadine também estavam a dormir quando foram alvejados. Após o crime, Andreas E. dirigiu-se a uma esquadra da Polícia local e confessou os crimes. «Ele colocou uma arma e uma faca no balcão e afirmou que tinha acabado de matar cinco pessoas», conta o agente Walter Pupp.

LEIA MAIS
Previsão do tempo para quinta-feira, 10 de outubro
Indemnização. Marido recebe 680 mil euros por traição da mulher

Impala Instagram


RELACIONADOS