Assassino em série de gatos condenado a 5 anos de prisão

A justiça britânica condenou um homem a cinco anos e três meses de prisão por matar nove gatos em Brighton.

Assassino em série de gatos condenado a 5 anos de prisão

Assassino em série de gatos condenado a 5 anos de prisão

A justiça britânica condenou um homem a cinco anos e três meses de prisão por matar nove gatos em Brighton.

Steve Bouquet, agente de segurança de 54 anos, foi julgado e condenado por matar nove gatos e ferir outros sete entre outubro de 2018 e julho de 2019, além de ter posse ilegal de arma branca. Durante o julgamento Bouquet declarou-se inocente e afirmou que não “representava nenhuma ameaça para os animais”. Apesar de negar os crimes, foi encontrado, no seu telemóvel, a foto de um gato morto.

Ao anunciar a pena, o juiz Jeremuy Gold classificou sua atitude como “cruel” e afirmou que atacava “o coração da vida familiar”. O dono de um dos gatos explicou ao tribunal que encontrou o animal sob sua cama com um rasto de sangue que conduzia até a porta. Outra dona, Catherine Mattock, disse que não conseguia parar de pensar no seu gatinho, Alan, “morto, mas quente nos meus braços, coberto de sangue”. A mulher lembrou ainda a sua “natureza brincalhona e inocente”, e imaginou-o “a correr a pensar que ia ter uma festinha, mas ao invés foi esfaqueado”.

O detetive Chris Thompson explicou que o homicida tinha por hábito frequentar sites de gatos perdidos na cidade de Brighton. Para além disso, “também assistiu a vários vídeos relacionados com matança de cães e gatos e foram recuperadas fotos dos seus dispositivos de um gato morto num jardim”.

LEIA AINDA
Canibal transforma-se em celebridade no Japão [fotos]
Canibal transforma-se em celebridade no Japão [fotos]
Sagawa, que justifica os crimes como sendo «atos de amor», vendeu milhares de livros. (… continue a ler aqui)

Impala Instagram


RELACIONADOS