1. HOME >
  2. NOTICIAS >
  3. PORTUGAL E O MUNDO
7 mitos relacionados com a mamoplastia

7 mitos relacionados com a mamoplastia

A mamoplastia é o nome dado a qualquer intervenção cirúrgica às mamas. Pode ser relativa ao aumento mamário, à redução mamária ou qualquer outro procedimento que mude o peito.

 

A mamoplastia é uma das operações mais procuradas nos dias de hoje, especialmente em pacientes do sexo feminino. No entanto, ainda existem vários mitos associados a este procedimento.

  • Amamentar após realizar uma mamoplastia de aumento ou redução, ou praticar exercício físico após a colocação de implantes são algumas das dúvidas que assolam as mulheres no que diz respeito a uma mamoplastia. O David Rasteiro, especialista em cirurgia plástica, enumera alguns dos mitos mais comuns relacionados com esta cirurgia.

LEIA MAIS:7 vídeos mais perturbadores do YouTube

1 – Mamoplastia e o cancro

Este é um mito há muito afastado por inúmeros estudos científicos que comprovam inequivocamente que a colocação de próteses mamárias não aumenta o risco de cancro da mama. É um procedimento altamente seguro e é recomendável que seja realizado por um cirurgião devidamente certificado pela Ordem dos Médicos.

2- Realização de uma mamoplastia antes e depois de ter filhos

O timing para a colocação das próteses mamárias não está ligado directamente com uma gravidez. Pode-se realizar a cirurgia antes da primeira gravidez ou entre gravidezes.  Contudo, se se estiver a pensar ter um filho brevemente, deve-se programar a cirurgia posteriormente à gravidez. A razão é simples, todas as mulheres sabem que após a gravidez e aleitamento materno a mama sofre alterações, pode aumentar, cair um pouco e até diminuir o seu tamanho. Neste caso, ao colocar as próteses mamárias após a gravidez poderá corrigir estas alterações normais da mama.

3 – Mamoplastia e a amamentação

Não há qualquer impedimento para amamentar após a realização de uma mamoplastia de aumento. Não há alteração da qualidade do leite, nem passa qualquer substância prejudicial para o bebé. A grande maioria das mulheres tem filhos após a cirurgia e amamenta sem problemas.

LEIA TAMBÉM: 7 casos de ovnis e extraterrestres avistados na União Soviética

4 – Estrutura tipo Stonehenge do Lago Michigan

Em 2007, foi descoberta no fundo do lago Michigan, nos Estados Unidos, uma estrutura semelhante a Stonehenge, no Reino Unido. Tal como o misterioso circulo de pedras em Inglaterra, uma equipa de arqueólogos encontrou um conjunto de pedras alinhadas num círculo a 12 metros de profundidade.

5 – Quanto tempo se deve parar de fazer exercício físico após uma mamoplastia

Após a cirurgia deve haver um período de repouso de quatro semanas, altura em que se pode iniciar exercício físico ligeiro, como por exemplo, jogging. Seis semanas após a cirurgia pode regressar à actividade física sem quaisquer restrições. Esta situação é recomendável quer seja para mamoplastia de aumento ou mamoplastia de redução.

6- A perda de sensibilidade do mamilo

A cirurgia de mamoplastia de aumento e redução habitualmente não interfere com a sensibilidade do mamilo, e mesmo que transitoriamente haja alguma alteração pontual, a paciente recupera a sensibilidade total ao fim de 6 meses. Excepcionalmente poderão subsistir alterações da sensibilidade do mamilo, mas os casos são raros e requerem sempre um acompanhamento por parte do médico.

7- Mamoplastia apenas é usada para propósitos estéticos

Errado. É importante perceber que para além de alterações estéticas associadas a uma mamoplastia de redução, existem também questões de melhoria da saúde de uma paciente. Uma paciente submetida a uma mamoplastia de redução terá obrigatoriamente uma melhoria da sua postura. Esta cirurgia permite uma poupança no esforço e desgaste da coluna cervical e lombar.

VEJA AINDA: 7 casos de famílias assassinadas que não foram resolvidos

Texto: Redação WIN – Conteúdos Digitais

 

Siga a Impala no Instagram

Impala Instagram


RELACIONADOS