Mãe e bebé morrem durante cesariana. Médico estava alcoolizado

Mãe e bebé morrem durante cesariana. Médico estava alcoolizado

As autoridades já confirmaram que o obstetra estava alcoolizado, após o médico ter realizado um teste de alcoolemia

Um médico obstetra foi detido no estado de Gujarat, na Índia, após ter realizado uma cesariana alcoolizado. A mãe e o recém-nascido acabaram por morrer na sequência do procedimento cirúrgico.

LEIA MAIS: Tribunal sugere que violador ‘exerça’ paternidade contra vontade da vítima

Kamini Chachi deu entrada em trabalho de parto no hospital público esta segunda-feira, 29 de novembro. Por questões de saúde, a mulher foi encaminhada para o bloco operatório para realizar uma cesariana. O bebé morreu assim que nasceu. Kamini também não sobreviveu e morreu de seguida. Segundo declarações da família aos órgãos de comunicação locais, no hospital foi-lhes dito que Kamini morreu após ter perdido muito sangue.

A família ainda tentou levar a mulher para um hospital privado, mas já não havia nada a fazer.

As autoridades foram chamadas ao local e foi confirmado através de um teste de alcoolemia que o médico que realizou a cirurgia estava embriagado. «Descobrimos que estava alcoolizado e por isso detivemos o profissional de saúde», esclareceu um dos agentes da polícia.

O hospital já organizou uma comissão que está a investigar o caso. A equipa quer descobrir se a causa da morte do recém-nascido e da sua mãe foi por negligência ou por razões médicas.

VEJA AINDA: Perdeu os três filhos e dedica a vida a ajudar outros pais

 

Siga a Impala no Instagram

Impala Instagram


RELACIONADOS