Pelo menos 13 pessoas morrem em mina de jade em Myanmar

Pelo menos 13 mineiros e guardas de uma mina de jade no norte de Myanmar (antiga Birmânia) morreram num deslizamento de terras, anunciaram as autoridades enquanto prosseguem as operações de socorro.

Pelo menos 13 pessoas morrem em mina de jade em Myanmar

Pelo menos 13 pessoas morrem em mina de jade em Myanmar

Pelo menos 13 mineiros e guardas de uma mina de jade no norte de Myanmar (antiga Birmânia) morreram num deslizamento de terras, anunciaram as autoridades enquanto prosseguem as operações de socorro.

Deslizamentos de terra em minas de jade em Myanmar causam dezenas de vítimas todos os anos nesta região montanhosa do Estado de Kachin, na fronteira com a China e a Índia, especialmente durante a estação das chuvas. Um polícia disse à agência France Presse que a parte superior da mina desmoronou. Caiu sobre os trabalhadores que dormiam em baixo e provocaram-lhes a morte. Chuvas fortes caíram na região na semana passada. Um novo regulamento prevê a suspensão das operações de mineração no auge da estação das chuvas. Este período cocorre de julho a setembro, mas os trabalhadores permanecem nos locais de trabalho.

LEIA DEPOIS
Alexandra chamou a Polícia três vezes mas acabou morta pelo homem que lhe deu boleia

Myanmar

O cantão remoto de Hpakant está no coração da indústria de jade de Myanmar, o maior produtor mundial desta pedra preciosa. Mas as condições de extração são muito precárias e os acidentes frequentes. As empresas de mineração empregam muitos trabalhadores ilegais. Os locais também atraem muitos birmaneses pobres que tentam encontrar pedaços de jade nos aterros. Em abril, um deslizamento de terra matou pelo menos 54 pessoas na região, segundo um relatório recente. Em julho de 2018, foram recuperados os corpos de 23 vítimas de outro deslizamento de terra depois das fortes chuvas de monções. Em novembro de 2015, um colapso matou pelo menos 113 pessoas.

LEIA MAIS
Previsão do tempo para domingo, 28 de julho
«Portugal não dispõe de plano estratégico coerente» para tratar a hepatite C

Impala Instagram


RELACIONADOS