Morreu deputado argentino baleado nas imediações do Congresso

O deputado argentino Héctor Olivares, baleado na quinta-feira nas imediações do Congresso, em Buenos Aires, morreu este domingo na sequência dos ferimentos.

Morreu deputado argentino baleado nas imediações do Congresso

Morreu deputado argentino baleado nas imediações do Congresso

O deputado argentino Héctor Olivares, baleado na quinta-feira nas imediações do Congresso, em Buenos Aires, morreu este domingo na sequência dos ferimentos.

O deputado argentino Héctor Olivares, baleado na quinta-feira nas imediações do Congresso, em Buenos Aires, morreu este domingo na sequência dos ferimentos.

«Lamentamos profundamente a morte do deputado Héctor Olivares. Acompanhamos a família neste momento difícil», escreveu na rede social Twitter a coligação «Cambiemos», à qual pertencia o parlamentar de 61 anos. Segundo a agência Télam, o parlamentar terá sido ferido na zona abdominal. O disparo atingiu a zona do fígado, pâncreas e cólon, danificando órgãos vitais.

Os autores do crime são dois homens que dispararam dentro de um carro, no qual se colocaram em fuga após o tiroteio. A polícia prossegue a busca pelos suspeitos, que acusa de dois homicídios, um na forma tentada. Como uma das vítimas é um deputado, as autoridades decidiram colocar no caso a polícia federal argentina.

Olivares estava hospitalizado desde quinta-feira no Hospital Ramos Mejía, na capital argentina. O ataque já tinha provocado a morte do seu assessor Miguel Yadón, que morreu no local. Pelo menos seis pessoas foram já detidas pelas autoridades, que atribuem o ataque a razões pessoais e não políticas.

O deputado representava a província de La Rioja, no oeste da Argentina. O momento do tiroteio foi captado e partilhado nas redes sociais.

 

LEIA MAIS

Batia e usava spray pimenta nos 7 filhos adotivos para os obrigar a fazer vídeos para o Youtube

Previsão do tempo para segunda-feira, 13 de maio

 

Impala Instagram


RELACIONADOS