Pesadelo na Cozinha: As maiores polémicas do chef Ljubomir

Recorde as várias polémicas que fazem com que Ljubomir seja o chef mais controverso de Portugal

Pesadelo na Cozinha: As maiores polémicas do chef Ljubomir

Recorde as várias polémicas que fazem com que Ljubomir seja o chef mais controverso de Portugal

Ljubomir Stanisic é mais uma vez o rosto escolhido pela TVI para protagonizar a segunda temporada do Pesadelo na Cozinha. Recorde algumas das polémicas que construíram a imagem de irreverência e controvérsia que os portugueses têm do chef.

LEIA MAIS: Já há imagens da segunda temporada de Pesadelo na Cozinha. Ljubomir volta a dizer asneiras

1. «Não sou gajo para curtir a fama nem nada dessa m****»

Entre palavrões e comportamentos pouco «politicamente correctos», Ljubomir sempre se apresentou como uma pessoa que não se coíbe em frente das câmaras. Provavelmente, o chef do Pesadelo começou por «chocar» alguns portugueses ao recorrer consecutivamente a palavrões e num discurso considerado por muitos agressivo. Para além da forma de falar, Ljubomir também cativou o público por afirmar por várias vezes desprezar a fama e o estilo de vida que, geralmente, advém da mesma.

«Não sou um actor, sou um cozinheiro. Quando o programa estreou estava na Escandinávia a trabalhar […] Não sou gajo para curtir a fama nem nada dessa merda», garantiu em entrevista à revista SÁBADO.

2. Ljubomir ofende proprietário e trabalhadores de um restaurante que entrou no programa

«Ele provoca a merda e parte do que faz não aparece em televisão. Eu é que vou ser o mau da fita», afirmou, Rui, o dono do estabelecimento O Beco à Impala, antes da transmissão do episódio no qual o seu restaurante aparecia.

Segundo Rui, Ljubomir gostou da comida feita no restaurante. «Isso deixou-o logo aziado e perguntou-me por que é que o tinha chamado». «Ele tratou mal a minha cozinheira, disse-lhe, quase a cuspir-lhe na cara, que ela não sabia cozinhar, quando, minutos antes, tinha dito que gostava da nossa comida».  No final, o dono acrescentou que o chef o castigou e decidiu não investir no espaço por não o considerar uma pessoa simpática. Os outros restaurantes que participaram no Pesadelo foram remodelados.

Edmundo Gomes, dono do Tomate, um restaurante italiano que também apareceu no formato, referiu após as gravações que depois da intervenção do chef começou a tomar ansiolíticos e que emagreceu quatro quilos, em poucos dias. «Para mim o programa foi uma experiência de bullying», desabafou.

3. Ljubomir terá pedido 120 mil euros para fazer a segunda temporada de Pesadelo na Cozinha

Após a primeira temporada do Pesadelo ter acabado, a TVI já estaria a pensar na próxima temporada do programa que foi um sucesso. Na altura, o chef que tinha ganho cerca de 39 mil euros por três meses de gravações referiu que só voltava a protagonizar o formado se ganhasse mais que Cristina Ferreira. O chef dos 100Maneiras terá pedido no total 120 mil euros. Cristina não terá concordado com os valores e a negociação esteve em pausa durante uns meses. «Vai ser muito difícil por o chef a fazer isto outra vez porque ele é maluco, não gosta de televisão. Não sei se está habituado a ser capa de revista constantemente», referiu Cristina em abril do ano passado.

Contudo, Ljubomir regressou ao pequeno ecrã. Por isso, a questão permanece terá conseguido Ljubomir o valor que queria?

4. Deputado do PAN chama Ljubomir de psicopata

«Faz-me feliz tirar as espinhas a uma sardinha, dar um tiro num pombo ou num faisão, matar um javali e ir lá com a faca sangrá-lo, tirar-lhe o sangue todo, fazer-lhe festinhas enquanto o sangue lhe cai pelo pescoço», disse Stanisic, numa entrevista ao jornal Expresso, em setembro de 2017. Rapidamente, as declarações geraram polémica, chegando até à assembleia.

Na altura, o deputado André Silva, do partido Pessoas Animais Natureza (PAN) referiu que o emigrante era «um indivíduo completamente desorganizado e com distúrbios emocionais», sendo que este comportamento típico de um «psicopata». «Um psicopata pode ser uma pessoa simpática e de expressões sensatas que, não obstante, não vacila ao cometer um atentado à vida ou à integridade de terceiros quando lhe convém e sem sentir culpa pela sua ação», explicou o político, em declarações ao PTJornal.

5. «Ia matando o nosso filho»

A convite de Cristina Ferreira, Ljubomir aceitou ser entrevistado pela própria mulher, Mónica Franco, no ano passado. Na entrevista para a revista da apresentadora, o chef confessou que colocou a mulher e o filho mais novo em perigo de vida.

O rosto do Pesadelo na Cozinha sofreu um acidente aparatoso de moto-quatro, quando Mónica estava grávida pela primeira vez. «Íamo-nos matando. Tu estavas grávida. Caímos de uma duna de 15 metros, num vale de areia, numa moto-quatro, sem capacetes», explica. Preocupado com a gestação da cara-metade, Lujbomir recorda a sua reação no momento do incidente. «A única coisa que consegui fazer foi agarrar-te. Eu caí de cabeça na mota, rasguei a cabeça toda, fiz duas operações plásticas que me puseram mais bonito», lembra, brincado com a situação.

6. Ljubomir revela que esfaqueou o pai e viu o primo ser baleado

São muitas as histórias que o temível chef tem para contar. Os 17 anos que viveu na antiga Jugoslávia fizeram dele um homem difícil de impressionar. Em várias entrevistas, Ljubomir revelou que esfaqueou o pai com 11 anos após este ter deixado a mãe em coma, que espetou um garfo na mão de um chef e que com 12 anos viu o primo ser baleado na cabeça.

«Tudo o que fiz até agora é muito melhor do que ficar em casa a bater com a cabeça na parede e a pensar: ‘Sou um coitadinho, estive na guerra e o meu primo foi abatido ao meu lado com um tiro na cabeça. Vi o cérebro dele a pulsar ao meu lado. Tinha apenas 12 anos. Fiquei traumatizado’. Não, não fiquei traumatizado. Fiquei mais forte», disse ao blog Brilhantemente Insano.

Da guerra na Bósnia à prisão na Croácia: Como é que Ljubomir chegou a Portugal

«A minha infância morreu aos 14 anos. Morreu a bicicleta, a bola de futebol, a bola de basquete, foi-se tudo à vida. E com 14 anos não sabes nada, és um estúpido. Não há sentimentos. Quando começas a ouvir [exemplifica o som de tiros] não tens noção do que se passa à sua volta. Não tens noção se tens revolta, se queres ser guerreiro, se queres ter sentimentos, não fazes ideia de quem és, só queres sobreviver», começou o chef por falar da sua infância numa entrevista no Alta-Definição.

Ljubomir recordou que foi obrigado a ir para a montanha «proteger os velhos». A mãe e a irmã ficaram na cidade. «A tua obrigação como ser humano é proteger a tua família. Com 14 anos recebi primeira arma para ir proteger os velhos para a montanha. Mas isto não tem sentimentos. Não tem nexo. Não pensas. Vou lá para baixo para perto da mãe e irmã? Não, faz aquilo que te é dito», contou.

Esteve lá dois meses. Onde se alimentava do que apanhava da terra. Sobre se chegou a usar uma arma, o chef preferiu não falar sobre isso. Aos 14 anos «és soldado sem saber disso».

ESPREITE TAMBÉM: Quem é a portuguesa que atura o mau feitio de Ljubomir Stanisic?

«O meu pai nunca foi um pai carinhoso, nem teve tempo de me dar uma festinha sequer»

Pela guerra esteve sem ver o pai durante mais de 10 anos. Esteve preso na Croácia. Ljubomir nunca teve uma boa relação com ele. Com 11 anos esfaqueou-o porque este bateu tanto na sua mãe que a deixou em coma.

«Nunca me facilitou a vida, nunca foi um pai carinhoso, nem teve tempo de me dar uma festinha sequer. E isso fez-me procurar sempre o amor, dar atenção aos meus filhos. E isso eu lhe agradeço. Levo isto como uma coisa positiva. Toda a vida levei isto pelo lado negativo, tinha ódio. Hoje em dia, tenho uma grande paixão e respeito por ele. Porque isso fez de mim o que sou hoje. E isso eu tenho de reconhecer e fazer as pazes com isso», explicou. A guerra acabou para Lubo quando tinha 17 anos. Foi trabalhar para uma padaria para ajudar a mãe e a irmã.

Mais tarde saiu da Bósnia porque «queria uma vida mais feliz». E veio parar a Portugal, em 1997. Os primeiros tempos não foram nada fáceis nem felizes.

Continue a ler sobre a vida de Ljubomir AQUI.

Impala Instagram


RELACIONADOS