De luto, familiares e amigos prestam homenagem a irmã de Djaló

Açucena Patrícia, irmã de 17 anos de Yannick Djaló, morreu atropelada durante a madrugada deste sábado

De luto, familiares e amigos prestam homenagem a irmã de Djaló

Açucena Patrícia, irmã de 17 anos de Yannick Djaló, morreu atropelada durante a madrugada deste sábado

A irmã do futebolista Yannick Djaló, Açucena Patrícia, morreu atropelada por um carro que entrou numa rua interdita a carros durante a madrugada deste sábado, dia 15 de setembro. A jovem, que tinha acabado de celebrar os seus 17 anos em agosto, era conhecida como uma rapariga com garra que prometia uma carreira de sucesso no atletismo.

LEIA MAIS: Condutor que matou irmã de Djaló em atropelamento acusado de homicídio qualificado

Professores, amigos e familiares manifestaram o seu pesar perante a tragédia que se deu nas festas da Moita através de mensagens que recordam a jovem «forte e determinada» , nas redes sociais.

«Foi com muito pesar que recebemos a triste noticia da perda da nossa atleta, Açucena Patrícia. Ficam aqui as condulências a toda a família, vamos sentir a tua falta, descansa em PAZ», partilhou o Clube Desportivo Recreativo do Ribeiro, onde Açucena costumava treinar.

«Estou incrédula. A querida e doce Açucena Patrícia foi minha aluna. Agradeço a Deus ter passado pela minha vida. Deixou muito dela com o seu amor , doçura, educação, amizade….», recorda uma professora.

Em agosto, o próprio jogador Yannick Djaló deixou uma emotiva mensagem à irmã elogiando-a e referindo a importância que esta tinha na sua vida: «Não interessa o quão crescida te tornes, serás sempre a Açu, a minha irmãzinha que mais parece minha filha. Ainda tens o mesmo sorriso meigo de quando tinhas 5 anos, a mesma voz doce dos 12 e um carácter incrível que me enche de orgulho todas as vezes que penso em ti… todas as vezes que falo em ti».

VEJA AINDA: Atropelamento nas festas da Moita mata jovem de 17 e faz cinco feridos

 

 

Impala Instagram


RELACIONADOS