Estudante de engenharia detido por abusar sexualmente de criança

Homem de 30 anos foi detido por abusar de menina de criança durante dois anos. Está ainda indiciado por posse e difusão de pornografia de menores.

Estudante de engenharia detido por abusar sexualmente de criança

Estudante de engenharia detido por abusar sexualmente de criança

Homem de 30 anos foi detido por abusar de menina de criança durante dois anos. Está ainda indiciado por posse e difusão de pornografia de menores.

Um estudante de Engenharia Bioinformática, de 30 anos, foi detido pela Polícia Judiciária (PJ) de Setúbal por abusar sexualmente de uma criança durante dois anos.

O predador conheceu a criança e os pais nas celebrações de um culto religioso no Barreiro, quando a menina tinha somente oito anos. Aproximou-se da família e pouco a pouco foi ganhando a confiança dos familiares. Começou a ser presença assídua na casa da família, altura em que os abusos tiveram início. Para calar a menor, o estudante universitário oferecia-lhe prendas.

Foi já no final de 2020 que o jovem começou a ser investigado após denúncia de organização não governamental norte-americana, por posse e difusão de pornografia de menores. Em novembro, foi também denunciado pelos pais da vítima, acabando por ser detido nesta segunda-feira, 4 de janeiro. O suspeito está sujeito a apresentações, proibição de contactos com a vítima e proibição de uso de internet.

Tal como escreve o Correio da Manhã, esta quarta-feira, a PJ da Madeira anunciou a detenção de um homem de 37 anos, no Funchal, por ter abusado de duas menores, ambas de 14 anos. Os crimes prolongaram-se por, pelo menos, dois anos. Também neste caso, presumível autor terá beneficiado de relação de proximidade e confiança com família das vítimas.

LEIA MAIS
Luso-canadiano raptava mulheres para serem escravas sexuais

 

 

Impala Instagram


RELACIONADOS