Revolut | Saiba se é necessário declarar as contas no seu IRS

Já há bancos a cobrar carregamentos no Revolut com cartão de crédito.

Revolut | Saiba se é necessário declarar as contas no seu IRS

Revolut | Saiba se é necessário declarar as contas no seu IRS

Já há bancos a cobrar carregamentos no Revolut com cartão de crédito.

Aproxima-se o tempo de entregar o IRS referente ao ano de 2019 e muitos são aqueles que têm dúvidas sobre o facto de ser necessário, ou não, declarar as contas deste serviço.

LEIA DEPOIS
Meteorologia: Previsão do tempo para este sábado, 8 de fevereiro

A Autoridade Tributária já esclareceu que pelo facto da Revolut não ser um banco faz com que deixe de ser necessário declarar as contas no IRS. Em declarações ao Dinheiro Vivo, a entidade referiu que «os esclarecimentos prestados a 18 de abril de 2019 mantém-se».

Segundo a Autoridade Tributária «não há obrigatoriedade de declarar contas de depósito ou de títulos em instituições financeiras não residentes, os quais mantêm atualidade, conquanto a Revolut tenha operado em 2019 nos mesmos termos de 2018, isto é, não operando enquanto instituição de crédito/banco».

Já há bancos a cobrar carregamentos no Revolut com cartão de crédito

A Caixa Geral de Depósitos e o Millennium BCP já estão a cobrar pelo carregamento de cartões pré-pagos e carteiras digitais como o Revolut. De acordo com o Público, as comissões podem atingir valores elevados uma vez que partem de uma base fixa e vão variando em função do montante carregado.

De acordo com o Observador, caso faça uma transferência de 100 euros para um cartão Revolut a partir de um cartão de crédito da Caixa Geral de Depósitos custa 8,25 euros. Se for uma transferência de  500 euros, a comissão aumenta para 22,5 euros. As cobranças acontecem nas movimentações com cartões de crédito.

LEIA MAIS
Menino que foi empurrado do 10.º andar da Tate Modern já consegue mexer-se com «muita ajuda»

 

Impala Instagram


RELACIONADOS