Menino que foi empurrado do 10.º andar da Tate Modern já consegue mexer-se com «muita ajuda»

Tudo aconteceu no dia 4 de agosto de 2019, quando um adolescente de 17 anos empurrou o menino.

Menino que foi empurrado do 10.º andar da Tate Modern já consegue mexer-se com «muita ajuda»

Menino que foi empurrado do 10.º andar da Tate Modern já consegue mexer-se com «muita ajuda»

Tudo aconteceu no dia 4 de agosto de 2019, quando um adolescente de 17 anos empurrou o menino.

O menino de seis anos que foi empurrado do 10.ª andar da Tate Modern, em Londres, por um adolescente de 17 anos há seis meses, já consegue mover-se, mas precisa «de muita ajuda».

LEIA DEPOIS
Meteorologia: Previsão do tempo para este sábado, 8 de fevereiro

A informação foi avançada pelo Daily Mail, que refere que existe uma página criada pela família que pretende angariar fundos. Nessa mesma página, os pais do menino partilham atualizações do estado de saúde «do pequeno guerreiro».

Menino está a recuperar a mobilidade e já consegue dizer algumas palavras

Tudo aconteceu no dia 4 de agosto de 2019, quando um adolescente de 17 anos empurrou a criança, que passava férias com a família em Londres, do 10.º andar da Tate Modern deixando-o com fraturas em várias partes do corpo, nomeadamente espinha, pernas e braços, bem como uma hemorragia cerebral que o impede de falar, mexer e comer.

O rapaz já está a recuperar a mobilidade e consegue também, com muita dificuldade, dizer algumas palavras. A identidade do menino não pode ser divulgada devido a uma ordem do tribunal.

LEIA MAIS
Jovem português mata namorada nos Estados Unidos e arrisca prisão perpétua

Impala Instagram


RELACIONADOS