Os novos roadster Mercedes

Os novos roadster Mercedes

Mercedes-AMG acrescenta dois novos modelos à família AMG GT. Conheça-os.

A Mercedes-AMG acrescenta dois novos modelos à família AMG GT. Pouco tempo após a estreia mundial do AMG GT R, a marca de Affalterbach apresenta duas versões roadster extremamente atrativas do desportivo de dois lugares. Juntamente com o AMG GT Roadster, o AMG GT C Roadster enriquece o portfólio com uma versão totalmente nova. Com uma potência de 410 kW (557 CV) e um binário máximo de 680 Nm, o AMG GT C é a nova versão Roadster mais potente e utiliza alguns aperfeiçoamentos tecnológicos do AMG GT R. Estes incluem a direção ativa do eixo traseiro e o bloqueio eletrónico do diferencial. Em combinação com a suspensão desportiva AMG RIDE CONTROL, o AMG GT C Roadster garante prestações dinâmicas ao mais alto nível. No que diz respeito às dimensões, este Roadster também fica a par do desportivo AMG GT R: as asas traseiras mais largas criam espaço para uma maior largura da via traseira e rodas mais largas, permitindo efetuar curvas a uma maior velocidade e obter uma excelente tração. O desempenho do sistema de escape assegura também um autêntico som de motor V8 do AMG Roadster. Com as duas versões Roadster, a família Mercedes-AMG GT é agora composta por cinco membros. Os dois novos desportivos com capotas de lona possuem igualmente os genes tecnológicos pelos quais a AMG é reconhecida. Estes incluem a carroçaria em alumínio de baixo peso e rígida à torção e os potentes e eficientes motores V8 biturbo. A versão de entrada num mundo Roadster é o AMG GT com uma potência de 350 kW (476 CV). O AMG GT C Roadster acrescenta um nível de potência totalmente novo. Com 410 kW (557 CV), é o mais potente dos dois. O AMG GT C Roadster não só produz uma maior potência e um maior binário, como também impressiona com inúmeras características do Mercedes-AMG GT R para um desempenho ainda mais dinâmico. Tal com o AMG GT R, o AMG GT C Roadster distingue-se pela sua traseira larga e musculada mas também pelas rodas de grandes dimensões. Outras características incluem a via traseira mais larga e a direção ativa do eixo traseiro.

Capota de lona extremamente leve

Ambos os Roadsters permitem passar rapidamente de coupés a cabriolets. A capota de lona abre e fecha em cerca de onze segundos e o processo de abertura e fecho pode ser realizado até uma velocidade de 50 km/h. Para combinar com as onze cores da carroçaria e as dez cores de interior, a capota de lona pode ser encomendada em preto, vermelho ou bege. A capota de lona de três camadas de tecido é suportada por uma estrutura ligeira de magnésio, aço e alumínio, que ajuda a manter um baixo centro de gravidade.

Novo nível de potência

Com o AMG GT C Roadster, a Mercedes-AMG introduz mais um nível de potência do motor de 4.0 litros V8 biturbo, destacando assim o carácter exclusivo do modelo. Com 410 kW (557 CV), a potência máxima é 35 kW (47 CV) superior à do AMG GT S e 20 kW (28 CV) inferior à do Mercedes-AMG GT R. O binário máximo de 680 Nm está disponível a partir das 1900 e até às 5750 rpm. A aceleração dos 0 aos 100 km/h em apenas 3.7 segundos e permite uma velocidade máxima de 316 km/h. O AMG GT Roadster produz uma potência de 350 kW (476 CV) e um binário de 630 Nm. Esta versão acelera dos 0 aos 100 km/h em 4 segundos e atinge uma velocidade máxima de 302 km/h.

Caixa de velocidades de dupla embraiagem

Para o novo nível de potência do Mercedes-AMG GT C Roadster, os engenheiros também aperfeiçoaram a caixa de sete velocidades de dupla embraiagem instalada no eixo traseiro através de alterações ao nível de hardware e software. A primeira velocidade da caixa desportiva de 7 velocidades AMG SPEEDSHIFT DCT possui uma maior relação de transmissão, enquanto a sétima velocidade possui uma menor relação de transmissão. Isto permite fortes acelerações e respostas mais rápidas às solicitações no pedal. O condutor poderá configurar o AMG GT Roadster de acordo com as suas preferências através do seletor AMG DYNAMIC SELECT. Os três modos da transmissão “C” (Comfort), “S” (Sport), “S+” (Sport Plus) e o modo afinação personalizada “I” (Individual), permitem uma grande variedade de adaptações para uma experiência de condução que varia entre o máximo conforto e a máxima desportividade. O modo da transmissão “RACE” também está disponível para o Mercedes-AMG GT C Roadster.

Sistema de escape AMG performance

O AMG GT C Roadster está equipado de série com o sistema de escape AMG performance para permitir uma experiência sonora ainda mais emotiva. Duas borboletas controladas eletronicamente variam de forma autêntica e direta a tonalidade do sistema de escape do Mercedes-AMG GT C Roadster. As borboletas abrem e fecham em função do modo selecionado na AMG DRIVE SELECT, embora também possa ser controladas individualmente utilizando o botão separado na AMG DRIVE UNIT. Nas configurações “Comfort” e “Sport”, o som de baixa frequência típico de um motor V8 foi concebido para o conforto. Nos modos “Sport Plus” e “RACE” o som é extremamente emotivo.

Extremamente expressivo

A atraente grelha AMG Panamericana destaca a herança do desporto automóvel: 15 lamelas verticais cromadas refletem o visual do atual Mercedes-AMG GT3. O novo para-choques dianteiro realça a largura do veículo e confere um visual de grande estabilidade em estrada. As entradas de ar de grandes dimensões nas extremidades do para-choques asseguram o fornecimento do ar de arrefecimento ao motor. Os ombros pronunciados assemelham-se a músculos tensos, que em combinação com as novas jantes de liga leve AMG de 19 e 20 polegadas, de 5 raios duplos, transmitem a impressão de elevada potência e dinamismo. A traseira também é caracterizada por várias inovações evidentes. Os novos painéis laterais em alumínio do AMG GT C Roadster alargam em cerca de 57 milímetros quando comparado com o AMG GT Roadster. Esta é exatamente a largura do AMG GT R. Comparativamente ao AMG GT Roadster, a forma musculada também cria espaço para rodas de maiores dimensões e uma via traseira mais larga. Ambas as inovações permitem uma maior tração e velocidades superiores em curva. Os contornos igualmente mais largos do para-choques traseiro do AMG GT C Roadster melhoram o fluxo de ar na traseira com as suas saídas de ar de grandes dimensões. Ambas as versões do Roadster incluem um spoiler traseiro integrado na tampa da bagageira. Em função do modo da transmissão selecionado, o spoiler é elevado e recolhido eletricamente em determinadas velocidades do veículo.

Maior rigidez e baixo peso: Combinação inteligente de materiais

A Mercedes-AMG também utiliza combinações inteligentes de materiais na estrutura da carroçaria do AMG GT e do GT C Roadster. No chassis e na carroçaria são utilizadas várias ligas de alumínio, enquanto na estrutura dianteira são utilizadas ligas de magnésio. Este elemento extremamente leve na dianteira do veículo reduz as massas à frente do eixo dianteiro, permitindo desta forma aumentar a agilidade. A estrutura rígida da carroçaria foi ainda especificamente reforçada para suportar o design roadster do veículo: os perfis das longarinas laterais com maior espessura e mais câmaras conferem uma maior rigidez à estrutura. A travessa do tablier está ligada à estrutura do para-brisas por estruturas adicionais de reforço, enquanto um pilar de suporte entre a capota de lona e o depósito reforço o eixo traseiro. A tampa da bagageira é particularmente leve graças a um material compósito inovador. A estrutura de suporte de carga é constituída por painéis de SMC (Compósito de Chapa Prensada) com camadas de fibra de carbono. Estes materiais demonstram um elevado desempenho com o seu baixo peso, elevada resistência e acabamento superficial de excelente qualidade. Foram desenvolvidos pela fábrica TEC da Mercedes-Benz em Sindelfingen e aperfeiçoados para produção pelos especialistas da AMG em Affalterbach. Esta combinação de materiais é utilizada pela primeira vez nos novos AMG Roadsters.

Suspensão desportiva AMG

No Mercedes-AMG GT C Roadster, a suspensão desportiva é combinada com o sistema de amortecimento adaptativo AMG RIDE CONTROL. O sistema é controlado eletronicamente e adapta automaticamente as características de amortecimento em cada roda às condições atuais de comportamento, de velocidade e da estrada.

Bloqueio eletrónico do diferencial

O AMG GT C Roadster está equipado de série com um bloqueio eletrónico do diferencial traseiro (Mercedes-AMG GT Roadster: bloqueio mecânico), que está integrado no alojamento compacto da caixa de velocidades. O seu controlo sensível e rápido eleva para um novo patamar os limites físicos da estabilidade do veículo. Não só melhora a aderência das rodas como também permite efetuar curvas a uma maior velocidade.

Elevada qualidade e exclusividadeno interior

O design interior reflete as linhas de design do exterior. O tablier enfatiza a largura, criando a impressão de uma asa robusta. A elevada linha de cintura, os painéis côncavos das portas, a consola central dinamicamente ascendente e a baixa posição dos bancos, integram perfeitamente o condutor no posto de condução Pela primeira vez, o novo interior está disponível em pele Exclusive STYLE na cor bege macchiato, conferindo uma maior individualidade e exclusividade ao roadster desportivo.

Bancos AMG performance

Os bancos AMG performance disponíveis como opção fornecem um maior apoio lateral com um contorno mais saliente do encosto e das almofadas laterais do banco. Pela primeira vez, este banco está disponível opcionalmente com o sistema de aquecimento da zona do pescoço AIRSCARF, que proporciona uma condução mais agradável com a capota aberta mesmo em condições de baixa temperatura exterior. A saída de ventilação está integrada na zona do apoio da cabeça do banco. Para satisfazer as preferências individuais dos clientes, a temperatura do ar da saída de ventilação do AIRSCARF pode ser regulada em três níveis.

 

Som impressionante no interior

O sistema de som surround Burmester e o sistema de som surround Burmester high-end asseguram uma experiência musical extremamente especial no AMG GT Roadster. Ambos os sistemas beneficiam de uma inovação desenvolvida pela AMG e a Burmester: a Ligação Alargada do Subwoofer (ECS). Este novo sistema de reprodução de sons graves com uma gama extremamente baixa de frequências de graves transforma o veículo de dois lugares num palco de concerto móvel. Ao invés de uma caixa de subwoofer de dimensões limitadas, o sistema ECS utiliza o interior do veículo como uma caixa de graves. Isto é possível através de uma abertura especial na cava da roda traseira direita. O subwoofer é ligado à carroçaria através desta abertura, transmitindo um som impressionante.

Siga a Impala no Instagram

Impala Instagram


RELACIONADOS