Dia Mundial do Cancro | IPO aberto até mais tarde para que mais pessoas possam dar sangue

Esta terça-feira, dia 4 de fevereiro, o Serviço de Imunohemoterapia estará aberto das 9h00 às 20h00 para que mais pessoas possam dar sangue.

Dia Mundial do Cancro | IPO aberto até mais tarde para que mais pessoas possam dar sangue

Dia Mundial do Cancro | IPO aberto até mais tarde para que mais pessoas possam dar sangue

Esta terça-feira, dia 4 de fevereiro, o Serviço de Imunohemoterapia estará aberto das 9h00 às 20h00 para que mais pessoas possam dar sangue.

«Eu sou e eu vou». É este o lema da campanha internacional do Dia Mundial do Cancro e o Instituto Português de Oncologia de Lisboa Francisco Gentil   IPO de Lisboa associa-se à mesma com uma iniciativa. Esta terça-feira, dia 4 de fevereiro, o Serviço de Imunohemoterapia estará aberto das 9h00 às 20h00 para que mais pessoas possam dar sangue.

LEIA DEPOIS
Meteorologia: Semana começa sem chuva e subida de temperaturas

Com este alargamento do horário do setor de dadores de sangue no Dia Mundial do Cancro, o IPO de Lisboa pretende realçar a importância da doação de sangue e de componentes sanguíneos para o tratamento de doentes oncológicos. Esta medida pretender dar oportunidade a muitas pessoas que desejam ser dadoras e que não têm oportunidade de o fazer noutro horário.

No IPO, pode doar sangue total, plaquetas, plasma ou glóbulos vermelhos. Todos os componentes doados são usados para tratar doentes do Instituto.

Como não há substituto para o sangue humano, a disponibilidade de sangue depende exclusivamente da generosidade de dadores benévolos. O IPO Lisboa conta com o apoio de dadores regulares e pretende também sensibilizar os mais jovens, lembrando que a dádiva de sangue é um gesto simples, indolor e muito gratificante porque permite salvar vidas.

«Eu sou e eu vou» é uma campanha que convida à ação individual, das empresas e organizações. Lançada no Dia Mundial do Cancro, pretende o envolvimento das pessoas e da sociedade durante todos os dias do ano.

LEIA MAIS
Governo dá até 4800€ a quem queira ir viver para o interior do país

Impala Instagram


RELACIONADOS