Meia Maratona de Lisboa adiada por causa do coronavírus

A decisão de adiar a Meia Maratona de Lisboa surge depois de serem também adiadas as maratonas de Roma, Paris e Barcelona.

Meia Maratona de Lisboa adiada por causa do coronavírus

Meia Maratona de Lisboa adiada por causa do coronavírus

A decisão de adiar a Meia Maratona de Lisboa surge depois de serem também adiadas as maratonas de Roma, Paris e Barcelona.

A Meia Maratona de Lisboa, que estava prevista para o dia 22 de março, foi adiada para setembro por causa do surto do novo coronavírus Covid.19. A notícia foi avançada, esta terça-feira, pela TSF que cita o presidente do Maratona Clube de Portugal, Carlos Moia.

LEIA DEPOIS
Meteorologia: Previsão do tempo para quarta-feira

A decisão de adiar a Meia Maratona de Lisboa surge depois de serem também adiadas as maratonas de Roma, em Itália, de Paris, em França, e de Barcelona, em Espanha, na sequência do surto de coronavírus.

Governo pediu a suspensão de eventos

O Governo recomenda que todos os eventos com mais de 5000 pessoas, em espaços abertos, e com 10000 pessoas em locais fechados sejam suspensos. O anúncio foi feito, na noite desta segunda-feira, depois de uma reunião da Comissão Nacional de Proteção Civil na sede da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil, em Carnaxide. Na mesma reunião participaram os ministros da Administração Interna, Eduardo Cabrita, e a ministra da Saúde, Marta Temido.

Foi também sugerido que sejam suspensos todos os eventos, como casamentos, missas ou funerais, com mais de 150 pessoas nos municípios de Felgueiras e Lousada, no distrito do Porto. O Executivo recomenda também que os médicos não participem em congressos ou conferências.

A ministra da Saúde, Marta Temido, disse ainda que se deve dar «especial atenção» a eventos que contem com a presença de pessoas oriundas da China, Irão ou Itália.

Texto: Joana Ferreira

LEIA MAIS
Homem fica em risco de vida por roer as unhas

 

Impala Instagram


RELACIONADOS