Bebé sem parte do coração sobrevive após 11 cirurgias

Mulher descobriu na vigésima semana de gestação que o seu bebé sofria da síndrome do coração esquerdo hipoplástico. Conheça a história que emocionou o Mundo.

Bebé sem parte do coração sobrevive após 11 cirurgias

Mulher descobriu na vigésima semana de gestação que o seu bebé sofria da síndrome do coração esquerdo hipoplástico. Conheça a história que emocionou o Mundo.

Charlie Douthwaite descobriu na vigésima semana de gestação que o filho sofria da síndrome do coração esquerdo hipoplástico, doença extremamente rara e grave, que faz com que o lado esquerdo do coração não se desenvolva. Quando o bebé nasceu, logo no terceiro de vida, teve de receber um transplante. De acordo com British Heart Foundation, poucos dias após o transplante, o recém-nascido sofreu duas paragens cardíacas.

DESCUBRA
Por que é que temos duas narinas?

Transplante foi a única forma de salvar a vida do bebé

Após 11 cirurgias, médicos concluíram que bebé teria de receber um coração transplantado

Após 11 cirurgias, os médicos concluíram que a única hipótese de a criança sobreviver era receber um transplante total de coração . E assim, às cinco semanas de vida, tornou-se na pessoa mais nova à espera de transplante, no Reino Unido. O recém-nascido acabou por receber rapidamente o órgão, visto ser tão novo. A operação decorreu no Hospital Freeman, em Inglaterra, e durou cerca de nove horas. A cirurgia foi um sucesso e, se a recuperação correr bem, o bebé terá alta no próximo ano.

LEIA MAIS
Não paga serviço de prostituição no Cabedelo e travestis destroem-lhe o carro

Impala Instagram


RELACIONADOS