Cruzeiro com milhares de passageiros retidos. Veja as fotos do interior

O navio ancorou no porto da comuna italiana de Civitavecchia e os passageiros estão proibidos de abandonar o Smeralda.

Cruzeiro com milhares de passageiros retidos. Veja as fotos do interior

Cruzeiro com milhares de passageiros retidos. Veja as fotos do interior

O navio ancorou no porto da comuna italiana de Civitavecchia e os passageiros estão proibidos de abandonar o Smeralda.

Cerca de 7.000 pessoas, incluindo 6.000 passageiros, estão retidas num navio de cruzeiro no porto de Civitavecchia, em Itália, devido a um ou dois casos suspeitos do novo coronavírus, confirmaram hoje autoridades italianas e a empresa de cruzeiros.

“Fomos alertados no início da manhã de hoje pelo Ministério da Saúde e enviamos três médicos a bordo para colher amostras”, disse a porta-voz do centro de saúde de Civitavecchia, a cerca de 80 quilómetros de Roma.

As amostras serão analisadas no hospital Spallanzani, em Roma, especializado em doenças infecciosas, disse o porta-voz. Os resultados devem ser conhecidos ainda hoje.

A imprensa italiana tinha já relatado o caso, avançando que os casos suspeitos eram de um casal vindo de Macau.

O porta-voz da empresa italiana Costa Cruzeiros confirmou que “existem aproximadamente 6.000 passageiros a bordo”, sendo os restantes membros da tripulação.

O médico da Costa Smeralda, um dos maiores navios da Costa Cruzeiros, informou as autoridades portuárias italianas da presença a bordo de um casal de chineses cuja mulher apresentava sintomas suspeitos de tosse e febre alta.

A Costa Cruzeiros confirmou, num comunicado, que “ativou o protocolo de saúde para um caso suspeito, referente a uma turista de Macau, a bordo do Costa Smeralda”.

A mulher, de 54 anos, foi “colocada em confinamento solitário” na enfermaria do navio junto com o seu acompanhante, segundo a companhia.

O casal chegou a Milão a 25 de janeiro vindo de Hong Kong, depois embarcou em Savona (Itália), sendo que o navio fez escalas posteriormente em Barcelona e Palma de Maiorca (Espanha) e Marselha (França), segundo os meios de comunicação italianos.

O Costa Smeralda chegou hoje de manhã a Civitavecchia de Palma de Maiorca (Espanha), “para um cruzeiro de uma semana no Mediterrâneo”, referiu a companhia.

Em Itália, até agora, “todos os casos (suspeitos) analisados deram resultados negativos, e o sistema (sanitário italiano) está pronto se houver algum caso de contágio ao novo coronavírus”, disse hoje aos jornalistas Silvio Brusaferro, Presidente do Instituto Superior de Saúde.

O epicentro da epidemia do novo coronavírus (2019mCov) está localizado na cidade de Wuhan, na República Popular da China, país onde já há 170 mortos sendo que mais de 7.700 pessoas se encontram infetadas.

Além da China e dos territórios chineses de Macau e Hong Kong, há pelos menos 50 casos confirmados do novo coronavírus em 18 outros países – na Tailândia, Japão, Coreia do Sul, Taiwan, Singapura, Vietname, Nepal, Malásia, Estados Unidos, Canadá, França, Alemanha, Austrália, Finlândia, Emirados Árabes Unidos, Camboja, Filipinas e Índia.

Segundo vários passageiros vão contando pelo Twitter, a vida faz-se normalmente dentro da barco.

 

 

 

 

Impala Instagram


RELACIONADOS