Crise energética decretada nas ilhas das Flores e Corvo, nos Açores

Governo regional dos Açores declarou hoje situação de crise energética para garantir o abastecimento às ilhas das Flores e do Corvo, devido aos estragos provocados do furacão Lorenzo.

Crise energética decretada nas ilhas das Flores e Corvo, nos Açores

Crise energética decretada nas ilhas das Flores e Corvo, nos Açores

Governo regional dos Açores declarou hoje situação de crise energética para garantir o abastecimento às ilhas das Flores e do Corvo, devido aos estragos provocados do furacão Lorenzo.

O Governo regional dos Açores declarou hoje situação de crise energética para garantir o abastecimento às ilhas das Flores e do Corvo, devido aos estragos provocados pela passagem do furacão Lorenzo. Esta medida é justificada com os estragos causados no Corvo e no Porto das Lajes das Flores, que impossibilitam o abastecimento de combustível por via marítima nas ilhas do grupo ocidental, num despacho conjunto da Vice-Presidência, Emprego e Competitividade Empresarial, da Secretaria Regional dos Transportes e Obras Públicas e da Secretaria Regional da Energia, Ambiente e Turismo.

LEIA DEPOIS
Rosa Grilo desmentida em tribunal por nova testemunha

Situação de crise energética visa garantir abastecimentos

“A situação de crise energética visa garantir os abastecimentos energéticos essenciais ao funcionamento de um conjunto de serviços estruturantes da região, dos setores prioritários da economia local e a satisfação das necessidades fundamentais da população das ilhas das Flores e do Corvo”, é referido.

A passagem do furacão “Lorenzo” pelos Açores provocou mais de 250 ocorrências e obrigou ao realojamento de 53 pessoas, mas o Plano Regional de Emergência de Proteção Civil já foi desativado e a situação está a regressar à normalidade.

LEIA MAIS
Mata filho de seis anos ao tentar «livrá-lo de demónio»
Previsão do tempo para esta quinta-feira, 3 de outubro

Impala Instagram


RELACIONADOS