Coronavírus | Autoridades procuram duas pessoas que fugiram de locais de quarentena

«Tenho de relembrar estas pessoas de que violar a ordem de quarentena é uma ofensa criminal», afirmou a ministra da Saúde.

Coronavírus | Autoridades procuram duas pessoas que fugiram de locais de quarentena

Coronavírus | Autoridades procuram duas pessoas que fugiram de locais de quarentena

«Tenho de relembrar estas pessoas de que violar a ordem de quarentena é uma ofensa criminal», afirmou a ministra da Saúde.

A polícia de Hong Kong está à procura de duas pessoas que fugiram dos locais onde estavam de quarentena de 14 dias imposta pelo Governo chinês de maneira a conseguir conter o surto de coronavírus.

LEIA DEPOIS
Meteorologia: Previsão do tempo para terça-feira, 11 de fevereiro de 2020

De acordo com a ministra da Saúde, Sophia Chan Siu-chee, citada pelo South China Morning Post, nove pessoas fugiram dos locais de quarentena designados e duas delas ainda não foram localizadas. «Tenho de relembrar estas pessoas de que violar a ordem de quarentena é uma ofensa criminal», afirmou.

Número de mortos do coronavírus continua a subir

O número de mortos na China devido ao coronavírus aumento para 908, mais 97 do que no domingo, informaram as autoriades.  Segundo os números divulgados pela Comissão Nacional de Saúde da China, são agora 40.171 as pessoas infetadas no país. Um aumento de 97 mortes indica um recrudescimento de casos do novo vírus, 2019-nCoV, depois de ter havido uma quebra no dia anterior.

A mesma fonte precisou que até à meia noite local (16:00 de domingo em Portugal continental) contavam-se 6.484 casos graves e que 3.281 tiveram alta, depois de se curarem da doença, que começou no final de 2019 na cidade de Wuhan, na província central de Hubei.

Texto: Joana Ferreira com Lusa

LEIA MAIS
Adeus, SIC. Cláudio Ramos é o apresentador do Big Brother

 

Impala Instagram


RELACIONADOS