Mulher descobre que o marido tem amante e arrasta a filha para o suicídio

O incidente foi gravado e divulgado nas redes sociais. Uma mulher, ao descobrir que era traída pelo marido, arrasta a filha para o suicídio.

Mulher descobre que o marido tem amante e arrasta a filha para o suicídio

O incidente foi gravado e divulgado nas redes sociais. Uma mulher, ao descobrir que era traída pelo marido, arrasta a filha para o suicídio.

O incidente foi gravado e divulgado nas redes sociais. Uma mulher, ao descobrir que era traída pelo marido, arrasta a filha para o suicídio. O vídeo mostra-a no momento em que decide atirar-se, levando a filha com ela para a morte. Nas imagens, vê-se a criança a «chorar copiosamente».

LEIA DEPOIS
Morreu Stephanie Niznik. Atriz tinha 52 anos

A motivação para ato de desespero desta chinesa deve-se à descoberta de que o marido tinha uma amante e só não foi alcançado porque as pessoas que testemunhavam a tentativa avisaram os bombeiros, que chegaram a tempo para resgatarem a mãe e a criança antes que se desse o fim trágico.

Ao descobrir a traição, a mulher arrasta a filha para o suicídio

A mulher não descobriu apenas a traição. Soube também que o marido e pai da sua filha – que se dizia desempregado – sustentava a amante e não contribuía em nada para o lar. Desesperada, entrou num edifício residencial altíssimo e levou a filha até ao topo. Testemunhas contaram que «criança chorava copiosamente e que a mãe estava desesperada com a atitude do marido, que as deixava em casa e ia ter com a amante gastar o pouco das economias que a mulher conseguia com o curto seu ordenado».

O marido ajoelhou-se e implorou para que a mulher não se atirasse com a filha

O homem – que assistia, na rua, à tentativa de suicídio – ajoelhou-se enquanto implorava para que ela não se atirasse para a morte. Mas a resposta que obteve da mulher não foi a que esperava… «O que tens tu que eu possa querer? Dinheiro? Não tens dinheiro! Um carro? Não tens carro! Uma casa? Já tenho, e sou quem a paga! Não tens nada me dar, não tens nada! A única coisa que queria de ti era uma família feliz», respondia a mulher.

Três horas ajoelhado a implorar perdão

Todos este aparto durou três horas, e durante todo esse tempo o homem, aparentemente arrependido, permaneceu ajoelhado enquanto pedia perdão. No último momento, um polícia consegue impedir o suicídio. Conversava, tranquilizava, negociava com a mãe – que não largava a criança – e foi-se aproximando da janela até conseguir puxá-la.

LEIA MAIS
Carlos Costa aponta «exemplo de merda» a Ana Marques
Abusava de netos de 4 anos e ameaçava-os para não ser denunciado

Impala Instagram


RELACIONADOS