Afinal, porque nos crescem pelos no queixo?

É bastante comum que nas mulheres, a certa idade, comecem a crescer pelos no queixo. É incómodo (bastante) mas pode ter uma explicação simples

Afinal, porque nos crescem pelos no queixo?

Afinal, porque nos crescem pelos no queixo?

É bastante comum que nas mulheres, a certa idade, comecem a crescer pelos no queixo. É incómodo (bastante) mas pode ter uma explicação simples

O aparecimento de cabelos na face pode ter várias causas e indicar algumas alterações ao nível da saúde. Por outro lado, pode ser apenas uma questão genética. Se a sua mãe ou avó são atormentadas por aqueles pelos ocasionais e insistentes, o mais provável é que lhe aconteça a si também.

O aparecimento de pelo na mulher em locais como a face é denominado por hirsutismo, caso seja em quantidades excessivas. Cientificamente, é definido como o crescimento excessivo de pelos terminais na mulher,em áreas anatómicas características de distribuição masculina.

Um ou dois pelos na ponta do queixo é mais comum do que imagina e muito provavelmente não se passa nada de errado com a sua saúde. Mas vamos às causas.

Desequilíbrio hormonal

Quando aparecem pelos onde antes não existiam, regra geral, trata-se de um problema de hormonas. Se as hormonas masculinas aumentam, é normal que aconteça algo como pelos no queixo. Pode ser apenas um ligeiro desequilíbrio hormonal e não é alarmante.

Genética

A explicação pode mesmo ser só esta. Se a sua mãe ou avó têm pelos no queixo ou na face, é provável que lhe aconteça a si também.

Idade

Não há como escapar. Ao longo da vida, o equilíbrio hormonal altera-se. Quando as mulheres atingem a menopausa, o corpo produz menos estrogénio, e esta pode ser a causa de pilosidades na face.

Síndrome de ovário poliquístico

Aqui já existe motivo para alarme. Este síndrome influencia diretamente a sua saúde reprodutiva e hormonal. Pode ter menstruações irregulares, infertilidade, dificuldade para perder peso e quistos no ovário. O crescimento de pelo facial também é um sintoma.

Síndrome de Cushing

Aqui o culpada é o stress extremo que leva à produção em excesso da hormona cortisol. A toma de medicação para asma e artrites também leva à produção desta hormona.

Medicação

Alguns medicamentos para tratar endometriose, doenças da tiróide,  depressão, calvície ou artrite reumatóide podem favorecer o crescimento de pelos.

Gravidez

Uma gestação altera por completo o processo hormonal do seu corpo. Nestes casos e temporário e não deve merecer a sua preocupação.

Obesidade

Obesidade favorece o aparecimento da hormona androgénio.

 

Caso o pelo não seja em grande quantidade, a melhor opção mesmo é usar uma pinça. Se pretender ver-se livre de vez com laser, fale primeiro com o seu médico.

Impala Instagram


RELACIONADOS