Luís Borges diz ter sido convidado a sair de casa pelos pais para ser manequim

O manequim Luís Borges fez revelações marcantes a Cristina Ferreira, sobre a moda, os filhos e o futuro.

Luís Borges diz ter sido convidado a sair de casa pelos pais para ser manequim

O manequim Luís Borges fez revelações marcantes a Cristina Ferreira, sobre a moda, os filhos e o futuro.

Luís Borges, de 30 anos, concedeu uma entrevista a Cristina Ferreira, de 40.

Várias foram as temáticas da conversa, que passaram pela moda, pelos filhos e pelos desejos do conhecido manequim.

LEIA MAIS: Kelly Bailey e Luís Borges ao rubro no concerto de Anitta [vídeo]

«Os meus pais disseram: ‘se queres ser manequim, sais de casa’, e foi isso que eu fiz», disse o ex-marido de Eduardo Beauté. «Aprendi muito sozinho e estou seguro de mim.», completou.

Sobre a moda, Luís faz revelações marcantes. «As pessoas acham muito giro o mundo da moda, mas não é só aquilo que veem. Quando começamos, não há aquele glamour, não existem os hotéis de cinco estrelas, não existem os drivers, passamos muito tempo sozinhos nos quartos de hotel que, às vezes, são pensões», contou.

Sobre a nova geração de manequins, o melhor amigo de Sara Sampaio não tem dúvidas: «Considero que há muitos manequins que estão na profissão para ser famosos, e ser manequim não é isso». «Noto ganância em chegar muito longe, sem olhar a meios (…) Não podemos achar que somos divas, só porque fizemos ‘n’ campanhas, ‘n’ desfiles», frisou.

LEIA MAIS: Bruno de Carvalho responde duro a Cristina Ferreira: «Não preciso de psicólogos»

Em relação às agências, o modelo considera que as portuguesas «são muito moles», em relação às estrangeiras e que a nova geração, «a geração Instagram, não é moda. Moda é muito mais do que followers (seguidores). É uma arte. É muito mau irmos para um desfile, ou para um casting, sem saber quem é o criador ou a história (da marca)», disse.

Desejos do manequim com o cabelo ‘afro’

«Gostava imenso de ter uma marca minha, de ter uma agência… tem de ser alguma coisa ligada à moda.», confidenciou ao rosto da TVI, «que nunca pensou ser manequim e que se achava o patinho feio».

Luís Borges «Papá»

O (também) stylist considera que a divisão entre o trabalho e a família sempre foi um problema para as pessoas, nomeadamente quando viaja. «Quando eu estava casado, interrogavam-se: ‘como é que ele viaja e deixa três filhos?’. Acho que isso é normal. As pessoas têm de ir atrás dos sonhos e do trabalho. Se passasse o meu tempo todo em Portugal, por causa dos meus filhos, ia ficar triste, porque não ia conseguir fazer aquilo que gosto», confessou, dando a garantia de que «nunca deixou os filhos sozinhos».

No entanto, os filhos estão sempre em primeiro lugar. «Sempre fiz questão de estar cá nas datas importantes (…) Acho que sou um ótimo pai!»

LEIA MAIS: Sara Sampaio é apalpada em plena rua e não foi por um desconhecido

Fotos: Reprodução Instagram 

Impala Instagram


RELACIONADOS