Júlia Pinheiro regressa à televisão a solo

João Paulo Rodrigues esteve a apoiar a apresentadora atrás das câmaras.

Júlia Pinheiro iniciou esta segunda-feira, 8 de outubro, o seu mais recente projeto televisivo. «Júlia» é o novo programa da SIC que promete ser diferente do habitual e que leva a apresentadora a deixar de lado «o histrionismo» que a carateriza.

LEIA MAIS: Júlia Pinheiro conta como virou as costas aos pais e revela uma infância de traumas

Com narrativas e convidados distintos, todos os dias, Júlia confessou ao nosso site sentir-se «muito feliz» com o primeiro programa, que teve como convidado Tony Carreira. «Estou muito contente porque é um talk show minimalista. É um talk show sem truques», afirma. Mas não só.

Para a apresentadora, a presença de João Paulo Rodrigues no estúdio foi também motivo de orgulho. «Houve uma coisa que me aqueceu muito o coração que foi ter aqui o Jota [João Paulo Rodrigues] o tempo todo ao meu lado. O Jota teve o tempo todo cá e, portanto, isto prova bem a ternura que não passa. Antes pelo contrário», confessa.

Júlia Pinheiro e João Paulo Rodrigues fizeram parte da dupla que animou as manhãs da SIC. Os apresentadores estiveram lado a lado, durante quatro anos, na apresentação do programa Queridas Manhãs.

Audiências preocupam apresentadora

Apesar de referir que este é um formato diferenciado do que a concorrência oferece, a verdade é que para Júlia Pinheiro as audiências não deixam de ser uma preocupação, embora a apresentadora garanta que a estação de Carnaxide não a pressiona em matéria de audiências.

«Estou sempre preocupada mas a direção de programas foi muito tranquilizadora em relação a essa matéria. O que nós queremos é ter uma boa proposta à tarde porque, durante muito tempo, a SIC à tarde não teve nada», explica.

Fotos: Nuno Moreira

 


RELACIONADOS