Começar do Zero | Nudez, lágrimas e sacrifícios marcam estreia

Começar do Zero, da TVI, põe os concorrentes à prova. Despidos de tudo, os participantes vão ter que reconhecer o que é verdadeiramente importante. Mas será que conseguem?

Começar do Zero estreou este domingo, dia 17 de março, na TVI, e surpreendeu os portugueses com um desafio que tanto conta alegrias, como com muitas lágrimas e sacrifícios. Os concorrentes colocaram todas as suas coisas num contentor e deixaram tudo a nu, literalmente. A primeira noite foi o grande desafio, já que não tinha qualquer tipo de conforto.

As gémeas

Marta e Mariana têm 27 anos e aceitaram este desafio numa tentativa de se aproximarem. Apesar de serem irmãs gémeas e de viverem na mesma casa, as jovens passam mais tempo agarradas ao telemóvel do que uma com a outra.No momento em que chega a equipa das mudanças para levar tudo de casa das gémeas, Marta parece mais entusiasmada do que Mariana. A empregada de bar emociona-se e acaba por tecer comentários menos positivos.

«Não acho que a Marta já tenha caído na realidade. Como se isto fosse uma coisa cinco estrelas…viver sem nada vai ser um coisa muita boa Marta!».

Assim que se despedem dos últimos objetos, incluindo toda a roupa que tinham vestida, Marta mostra-se pensativa. «Tenho medo do que as pessoas possam pensar. Não quero que digam: ‘olha ali duas parvas que foram para a televisão despirem-se’. Porque não é nada disso», afirma.

Marta tem complexos com o corpo e na altura em que se despiu a emoção toma conta da mesma. A jovem que acaba por repensar na decisão de participar no programa. Felizmente, Mariana acalma a irmã.Entretanto, chega o momento de Mariana ir trabalhar. A irmã decide ir com ela, de modo a não ficar sozinha em casa. O primeiro passo para conseguirem sair à rua é arranjar roupa. Felizmente, uma vizinha acaba por lhes emprestar camisas e meias. Ao chegar a casa, Marta depara-se com a dura realidade de não ter qualquer tipo de conforto para dormir. O frio é o pior de todos os fatores e a jovem vê-se acordada noite fora.

O casal de Braga

Alice, de 41 anos, e Júlio, 43, são casados e têm dois filhos, David, de 14 anos, e Rúben, 9. De forma a participar nesta experiência, o casal optou por deixar os filhos com os avós. Assim que os seus objetos começam a ser levados, Júlio faz uma reflexão sobre aquilo que mais lhe vai custar ao longo da experiência. «O meu principal receio aqui vai ser mesmo o facto de ter que dormir no chão. Como tenho um problema de saúde que afeta a coluna vertebral, se não dormir bem isso vai afetar o meu comportamento.» afirma.

No momento em ficam sem qualquer peça de vestuário, Alice e Júlio sentem-se constrangidos e acabam por se esconderem dentro de um dos armários de casa. Entretanto tocam à porta. Júlio tinha encomendado uma pizza, antes de entregar o telemóvel, que agora tem dee ir buscar à porta do prédio. Assim sendo, o marido de Alice enrola-se num tapete.

Mais tarde, assim que a noite cai,  o casal procura maneiras de conseguir dormir de forma confortável. Recorrem a prateleiras e gavetas para fazer uma espécie de abrigo, mas sem sucesso. O frio e o desconforto são maiores. No dia seguinte, Alice afirma mesmo que a noite anterior «foi a pior da sua vida». De seguida, o casal percorre um quilómetro até ao contentor que contém os seus objetos. O que será que Alice e Júlio decidem recuperar? Para a mãe de dois filhos a roupa é uma escolha óbvia. Já o marido ficou indeciso entre as peças de vestuário ou o colchão da cama. No final, o pai de dois filhos optou por se manter quente.

Os amigos do Montijo

Rui, de 37 anos, David, 26 anos, e Tiago, 26, inscreveram-se no programa à procura de um novo desafio. E parece que encontraram. Antes de se despedirem de todos os bens, os três amigos aproveitam para comer tudo o que conseguem. No final, fazem um brinde. Já despidos de qualquer objeto, Rui, David e Tiago começam a delinear estratégias para encontrar bens essenciais. Rapidamente percebem que a melhor opção é saírem à rua. A primeira etapa é conseguirem lenha para a lareira e alguma roupa para se abrigarem do frio. Etapa que conseguiram ultrapassar com sucesso.

Amigos à distância

Andreia, de 22 anos, e Renato, de 33, embarcaram nesta aventura juntos. A jovem afirma que este é um desafio que lhe vai custar muito, já que é a sua casa que vai ficar despida. Para além disso, Andreia pretende dar um bom exemplo ao filho, Afonso, de 4 anos, no que diz respeito ao consumismo. As coisas começam a ser arrumadas em caixotes e a jovem não esconde a emoção, principalmente no que diz respeito aos objetos do filho. Andreia diz sentir-se como se a estivessem a afastar do menino.

 

LEIA MAIS

Previsão do tempo para terça-feira, 19 de março

Família de atirador pede desculpa: «Só nos apetece esconder em casa»

Corpos das vítimas vão ser entregues às famílias a partir de hoje

As 48 perguntas da PJ às quais Kate McCann nunca quis responder

Siga a Impala no Instagram

Impala Instagram


RELACIONADOS

Começar do Zero | Nudez, lágrimas e sacrifícios marcam estreia

Começar do Zero, da TVI, põe os concorrentes à prova. Despidos de tudo, os participantes vão ter que reconhecer o que é verdadeiramente importante. Mas será que conseguem?