Débora do Big Brother despedida por Ljubomir Stanisic chama-lhe “marado”

A concorrente do Big Brother contou aos colegas que já trabalhou com o conhecido chef e fez algumas revelações: “Fazia umas cenas maradas na vida dele”.

Débora do Big Brother despedida por Ljubomir Stanisic chama-lhe “marado”

A concorrente do Big Brother contou aos colegas que já trabalhou com o conhecido chef e fez algumas revelações: “Fazia umas cenas maradas na vida dele”.

Débora do Big Brother revela que já trabalhou com Ljubomir Stanisic no restaurante “100 Maneiras”e que foi despedida. Estas revelações foram feiras no jardim junto à piscina, em conversa com alguns colegas da casa. “Eu trabalhei com ele quando ainda tinha o ‘100 Maneiras’ em Cascais. Ele é marado, o gajo é marado”, começou por dizer, acrescentando: “Ele fechou o ‘100 Maneiras’ em Cascais, deu insolvência técnica e fomos todos para o olho da rua. Depois abriu o ‘100 Maneiras’ em menos de seis meses em Lisboa”. “Na altura, fazia também umas cenas maradas na vida dele. Hoje em dia se calhar também faz… Mas é grande chef”, rematou Débora, perante o olhar atento dos restantes moradores da casa.

Leia depois
Débora do Big Brother tem um tumor na cabeça. Irmão conta tudo!

Débora do Big Brother marcada pela traição

Débora Neves sempre quis entrar num reality show. Depois de várias tentativas, a jovem finalmente conseguiu concretizar o seu sonho. A participante de Cascais foi nomeada pela segunda vez pelos colegas e, quem a conhece, garante que não está a conseguir mostrar-se na totalidade. “Tenho visto uma Débora muito calma. Ela ainda está a apalpar terreno, porque é uma pessoa muito extrovertida e só agora é que está a espevitar. Está muito menos ativa do que é cá fora, numa postura até mais defensiva”, assume Águeda, uma das melhores amigas da concorrente do Big Brother, à TV 7 Dias.

Solteira, assim que pôs os pés na casa mais vigiada do País, Débora não escondeu o seu agrado com os homens em jogo e a mesma amiga garante que a concorrente é “intensa” no que diz respeito ao amor. “A Débora não é uma pessoa que se apaixona a toda a hora, mas é daquelas pessoas que se apaixona perdidamente. Ela não é uma pessoa de relações passageiras. Ela, quando gosta, gosta a sério e normalmente é duradouro. A não ser que aconteça alguma coisa, como lhe aconteceu”, afirma Águeda, referindo-se à dolorosa traição que Débora Neves sofreu. “Ela foi casada uma vez. Foi há cerca de quatro ou cinco anos. Foi muito duro. Eles já tinham feito o casamento pelo civil, que tem de se fazer primeiro. Quando iam oficializar pela igreja, ela descobriu tudo”, contou a amiga.

Texto: Inês Borges e Maria Inês Gomes; Fotos: Divulgação TVI e Reprodução redes sociais

Impala Instagram


RELACIONADOS