Bárbara Guimarães sobre a violência doméstica: «A Justiça tem que mudar»

No dia de luto nacional pelas vítimas de violência doméstica, Bárbara Guimarães deixou uma mensagem de esperança a quem vive esse flagelo.

Bárbara Guimarães sobre a violência doméstica: «A Justiça tem que mudar»

No dia de luto nacional pelas vítimas de violência doméstica, Bárbara Guimarães deixou uma mensagem de esperança a quem vive esse flagelo.

Bárbara Guimarães e Manuel Maria Carrilho voltam esta sexta-feira, dia 8 de fevereiro, a defrontarem-se no Tribunal da Comarca de Lisboa. Ontem, um dia antes de serem conhecidas as alegações finais referentes ao processo judicial de violência doméstica contra o ex-ministro da Cultura, a apresentadora da SIC recorreu ao Instagram para fazer uma rara declaração pública sobre este crime.

A data escolhida por Bárbara Guimarães foi o dia de luto nacional pelas vítimas e visou ainda assinalar o Dia Internacional da Mulher, que se celebra hoje. «A chegar a mais um tratamento, num dia em que o céu tinha mesmo que chorar. A Justiça tem que mudar», escreve a cara da SIC, publicando uma fotografia do Instituto Português de Oncologia de Lisboa, onde faz tratamento contra um cancro da mama.

«Não se calem como eu fiz durante 10 anos»

Desde 1 de janeiro de 2019, contam-se 12 mortes por violência doméstica: onze mulheres, uma bebé de 2 anos e um homem. Desde que luta em tribunal contra o ex-marido, Manuel Maria Carrilho, que a apresentadora da SIC se recusa a tecer comentários públicos sobre o caso, remetendo quaisquer declarações para a sala de tribunal.

Na secção de comentários, Bárbara Guimarães foi inundada de palavras de incentivo, incluindo de mulheres que sofreram de violência doméstica e de outras que lutaram ou ainda lutam contra o cancro. «Não se calem como eu fiz durante 10 anos», lê-se entre as reações. «Já passei por essa doença, passaram nove anos e pela graça de DEUS e aos maravilhosos médicos e excelentes seres humanos estou aqui cheia de vida e saúde!», afirma outra.

View this post on Instagram

A chegar a mais um tratamento, num dia onde o céu tinha mesmo que chorar. A Justiça tem que mudar. Conseguem encontrar o arco-íris que eu vi?! A lenda diz que há um pote de ouro no fim,. O que há , que vale mais do que o ouro, é um pote de Vida! ….#violenciadomestica

A post shared by Bárbara Guimarães (@barbaraguimaraesbg) on

Veja a notícia completa aqui

Notícia www.novagente.pt

Impala Instagram


RELACIONADOS