«Senti-me sozinha». Alexandra Lencastre chora ao falar das filhas

Alexandra Lencastre foi convidada por Cristina Ferreira para uma conversa onde a emoção foi protagonista. A atriz falou do que sofre com a ausências das filhas, Margarida e Catarina

«Senti-me sozinha». Alexandra Lencastre chora ao falar das filhas

Alexandra Lencastre foi convidada por Cristina Ferreira para uma conversa onde a emoção foi protagonista. A atriz falou do que sofre com a ausências das filhas, Margarida e Catarina

Alexandra Lencastre foi convidada por Cristina Ferreira para uma conversa onde a emoção foi protagonista, na manhã desta quinta-feira, dia 14 de maio. A atriz, de 54 anos, começou por falar da mudança para a SIC que está a encarar como uma «segunda oportunidade de viver». Porém, as filhas, Margarida, de 23 anos, e Catarina, de 22, foram o assunto principal.

«Ó Cristina, tu nunca deixes o teu filho sair daqui. É uma tortura. No momento então que estamos a viver, ela pode precisar de socorro e eu não estou lá», começou por dizer, ao falar da filha mais nova, que está em Inglaterra. «Rezava para que ela tivesse sucesso, mas também rezava para que quisesse voltar. Eu e o Piet-Hein [Bakker, ex-marido] ficámos os dois: ‘É a nossa filha?’.»

Catarina já tem namorado e apanhou a mãe de surpresa quando na formatura, o apresentou. «Ficámos a olhar um para o outro a pensar, como é que a Catarina que ia montar a cavalo, tinha o seu cão e tinha muito poucos amigos, de repente, acaba o curso, duas semanas depois faz uma data de entrevistas e entra para a BBC News? Com contrato e tudo! Ficámos tão espantados.»

Alexandra confessa que se sentiu muito orgulhosa, mas acabou por sentir necessidade de pedir desculpa à filha por nem sempre ter acreditado no seu sucesso além-fronteiras. «Pedi desculpa, porque não acreditei que conseguisse.» «Eu apostei nela porque paguei-lhe o curso e a estada em Londres, fiz esse investimento e fartei-me de trabalhar para isso. Mas achei que voltava», confessa a atriz.

Já sobre o genro, Alexandra Lencastre confessa que lhe chama o «Ratatouille». «Ele chama-se Louis e tem uma carinha de rato. É loirinho, tem os olhos azuis e é um miúdo muito inteligente. Eles fazem um casal muito apetível.»

«Vejo os quartos todos vazios. Aí vou-me um bocadinho abaixo»

O facto de ver as filhas a afastarem-se da casa e fazerem as suas vidas deixa a atriz emocionada. «Incomoda-me um bocadinho, porque a Margarida sempre foi muito namoradeira. (…) Incomoda-me porque aquilo saiu de mim.»

As lágrimas acabaram por tomar conta do rosto de Alexandra Lencastre. «Senti-me um bocadinho sozinha e traída. Eu tive duas filhas, dei-lhes tudo e elas foram. Mas elas não pensam assim. Elas pensam realmente na vida delas como nós também pensámos. Fomos um bocadinho egoístas sem pensar que, se calhar, estávamos a magoar os nossos pais.»

Ver a casa vazia é um dos momentos que mais custa, confessa. «Às vezes, percorro a casa toda e vejo os quartos todos vazios. Aí vou-me um bocadinho abaixo, mas depois elas obrigam-me a vir para cima. Se eu estiver muito ansiosa, angustiada, se chorar quando falar com elas, elas afastam-se. Elas ficam também a sofrer e não querem. Elas não querem fazer drama.»

Cristina Ferreira acabou por confessar que as dificuldades agravam-se «por estarem sozinhas [sem um marido ou companheiro]». Alexandra Lencastre assume, por fim, que gostava de voltar a casar, mas «com regras».

Alexandra Lencastre e Piet-Hein Bakker, pai das filhas, divorciaram-se em 2003. Desde então, a apresentadora do programa Estamos Aqui, emitido durante a quarentena, não assumiu nenhuma relação publicamente.

Texto: Mariana de Almeida

LEIA MAIS
Meteorologia: Previsão do tempo para sexta-feira, 15 de maio

 

Pontos de Venda das Nossas Revistas

Impala Instagram


RELACIONADOS