Maria Leal roubou 1 milhão de euros ao ex-marido que agora vive de ajudas

Maria Leal foi casada cinco vezes e já se divorciou quatro e tem três filhas, que estarão a viver com os respetivos pais.

A história não é nova, mas nem todos se recordam de onde apareceu Maria Leal. Para a maioria, o fenómeno nasceu e foi criado após uma aparição no programa Você na TV, na altura ainda apresentado pela dupla Manuel Luís Goucha e Cristina Ferreira. Maria Leal cantou o tema Dialectos da Ternura e a internet fez o resto.

Mas Maria Leal já procurava fama há muito mais tempo. A agora cantora, aparece no panorama nacional quando se assume como namorada de Tiago Ginga, concorrente da Casa dos Segredos.

Este tinha-se popularizado ao namorar com Bernardina Brito, conhecida como Bibi, e surge depois num novo reality show, onde assume relação com a cantora.

Mas, quando esta relação é assumida, o passado de Maria Leal é descoberto. Maria era ainda( e é) uma mulher casada com Francisco d’Eça Leal, à data com 26 anos, um jovem detentor de vasta fortuna e com problemas de esquizofrenia.

O pai, Paulo Guilherme d´Eça Leal deixou-lhe em testamento mais de 500 mil euros em dinheiro, quatro apartamentos num dos bairros mais caros de Lisboa, Campo de Ourique, além do recheio das casas e do vasto espólio artístico  (trabalhos de pintura, escultura, gravuras, ilustrações), perfazendo assim a quantia de 1 milhão.

Para além da esquizofrenia, Francisco corria também sérios riscos de ficar paraplégico, depois de se ter atirado de uma janela do hospital Júlio de Matos. Francisco estava, claramente, num estado psicológico fragilizado.

Foi, já detentor dessa fortuna, que se casou com Elisabete Rodrigues, uma mulher vinte anos mais velha. Mas esta não é uma mulher qualquer. É Maria Leal, que, para além da fortuna, também lhe ficou com o apelido.

«O meu pai deixou-me bens para eu poder viver tranquilo o resto da minha vida. Em dinheiro, deixou-me 550 mil euros e mais quatro apartamentos em Lisboa, sendo que três vendeu ela ao desbarato para fazer dinheiro. Não sei onde está o meu milhão de euros», dizia o jovem em 2016.

 

A certidão de casamento.

«Ela esteve comigo por interesse. Eu era ingénuo. No inicio, andávamos sempre juntos, só que depois de casarmos e de ela tomar conta dos negócios, começou a afastar-se» disse ainda.

Em 2018, o discurso de Francisco mantém-se. «Na altura não me queria separar, não queria acabar a nossa relação, então, fazia tudo o que ela me pedia para fazer. Cortei relações com os meus amigos, com a minha mãe.». A história desta relação vai ser contada no programa da SIC, Vidas Suspensas.

Maria alcançou o estrelado, como sempre quis. Mas Francisco ficou para trás, sozinho. Da herança, resta-lhe o apartamento onde vive sozinho, com o apoio da mãe, da Santa Casa da Misericórdia e paróquia de Campo de Ourique.

Ainda são casados, o processo de divórcio continua a  decorrer e Francisco apresentou queixa-crime contra Maria Leal.

Maria Leal foi casada cinco vezes, já se divorciou quatro (antes de Francisco) e tem três filhas, que estarão a viver com os respetivos pais.

LEIA MAIS: «Nojento. Repelente» Maria Leal é arrasada e ataca comentadores do Passadeira Vermelha


RELACIONADOS