Pamela Anderson vítima de violência doméstica

Pamela Anderson revelou esta terça-feira, 25 de junho, ter sido enganada pelo namorado, Adil Rami, conhecido jogador do Marselha, França.

Pamela Anderson vítima de violência doméstica

Pamela Anderson revelou esta terça-feira, 25 de junho, ter sido enganada pelo namorado, Adil Rami, conhecido jogador do Marselha, França.

Pamela Anderson revela o motivo que a levou a terminar a relação com Adil Rami, jogador do Marselha, França. A atriz partilhou com os seus seguidores que é vítima de violência doméstica.

«É difícil aceitar. Os últimos anos da minha vida têm sido uma grande mentira. Fui enganada, fui levada a acreditar… que tinha um grande amor. Estou devastada por descobrir nos últimos dias que ele vivia uma vida dupla», começa por escrever.

Pamela Anderson acusa ainda o ex-namorado de ter vida dupla

«Ele fazia piadas acerca de outros jogadores que tinham namoradas a viver em apartamentos na mesma rua onde viviam com as mulheres. Ele apelidava esses homens de monstros, pelo que isto é ainda pior. Ele mentia a todos. Como é possível controlar o coração de duas mulheres desta maneira. Tenho a certeza que existem outras. Ele é um monstro. Como é possível ter ajudado tanta gente na linha nacional de violência doméstica e não ser sábia suficiente ou capaz de me ajudar», conta a atriz.

Num comentário, ainda na mesma fotografia, Pamela Anderson acrescentou: «Os narcisistas não mudam. Os sociopatas não mudam. Isto é o meu pior pesadelo. Eu não era ciumenta antes de o conhecer. Estou feliz por saber a verdade, mas dói como tudo. Acho que não vou conseguir recuperar facilmente disto», conta a atriz.

«Ele era muito inseguro. Queria-me sempre ao pé dele e perguntava com quem é que eu estava. Aprendi a aceitar isto como algo normal (…) Sinto-me usada. Traída e magoada. Mas devia ter percebido. Os ciúmes, a tortura física e emocional. Era um espelho das suas próprias ações. Tentei deixá-lo umas 10 vezes. Ele perseguia-me e dizia que morria se eu fosse embora. Que ia ter apoio psicológico. Que nunca mais me iria magoar», explica.

A atriz de 51 anos estava a viver em França com Adil Rami e anseia agora regressar aos Estados Unidos. Pamela Anderson confessa ter «um guarda-costas» porque tem «medo dele». «Ele já me magoou e ameaçou muitas vezes», admitiu.

Rami reage às acusações de Pamela

Adil Rami reagiu às acusações de Pamela Anderson. «Uma rutura nunca é fácil. Como sabemos, nestas situações a emoção pode falar mais alto e levar-nos a dizer coisas de uma forma mais excessiva. Pamela é uma pessoa íntegra que eu respeito profundamente, que tem convicções, que é sincera nos seus combates, e por quem o meu amor foi sempre sincero. É isso que quero frisar», explica.

O jogador não deixa de negar que nunca teve vida dupla. «Tentei sempre preservar um relacionamento duradouro com os meus filhos e a sua mãe, por quem tenho um profundo respeito. É verdade que podia ter sido mais transparente nesta relação ambígua. Reconheço. Sou e continuarei fiel aos meus valores e convicções expressos no meu empenho na associação @solidaritefemmes, que será sempre grande.»

LEIA MAIS
Ex-jogador do FC Porto envolvido em acidente fatal [vídeo]
Luciana Abreu quer chegar a acordo com Daniel Souza

 

Impala Instagram


RELACIONADOS