Masturbação feminina. Porque é tabu para muitas mulheres

Um inquérito revelou que a masturbação feminina é uma prática comum, mas que ainda permanece um grande tabu. O motivo? Também foi apurado.

Masturbação feminina. Porque é tabu para muitas mulheres

Masturbação feminina. Porque é tabu para muitas mulheres

Um inquérito revelou que a masturbação feminina é uma prática comum, mas que ainda permanece um grande tabu. O motivo? Também foi apurado.

A sociedade evolui e com ela também as mentalidades. Ainda assim, existem certos temas que resistem à evolução, permanecendo assuntos tabu. É o caso da masturbação feminina que, ao contrário da masculina, ainda é vista com algum desdém. Isto é comprovado num pequeno inquérito elaborado por uma revista britânica, partilhado pelo site paraeles.

LEIA DEPOIS
Quarentena. O apelo de uma menina que está a emocionar o Mundo

Existem várias questões que se colocam, mas a principal é o porquê de algo que dá prazer poder causar tanto desconforto ao ponto da mulher se sentir culpada? Foi por este tema estar envolto num grande mistério que a revista Glamour promoveu um inquérito junto das suas leitoras.

Os números impressionam. 91 por cento das inquiridas admitiu masturbar-se. No entanto, ainda assim, 53 por cento revelou que fica desconfortável a falar sobre o assunto.

O que motiva a masturbação

E no que diz respeito ao orgasmo? 67% revelou atingir o orgasmo durante a masturbação e 24% disse “raramente” chegar ao clímax com o parceiro. No que diz respeito ao que as motiva a masturbarem-se, os motivos foram os mais variados: porque estão solteiras, porque estão excitadas ou para aliviar o stress. Algumas disseram ainda que este é um ato que beneficia a saúde mental. Curiosamente, 41% das participantes revelou desfrutar tanto deste ato quanto de sexo.

Falta a resposta à pergunta fundamental: por que motivo as mulheres continuam a sentir-se desconfortáveis sempre que este assunto é abordado? Ora, 83% considera que existe um estigma em torno do desejo sexual feminino e 87% desejaria que a sociedade fosse mais tolerante perante o mesmo.

LEIA MAIS
Sexualidade | Dicionário do amor ajuda a quebrar preconceitos
Atleta italiano relata luta contra Covid-19: «A tosse era forte. Acabei a cuspir sangue»

Impala Instagram


RELACIONADOS