Mariah Carey acusada de assédio sexual

Michael Anello, ex-segurança da cantora norte-americana Mariah Carey, acusa-a de assédio sexual e ofensas verbais.

Mariah Carey acusada de assédio sexual

Mariah Carey acusada de assédio sexual

Michael Anello, ex-segurança da cantora norte-americana Mariah Carey, acusa-a de assédio sexual e ofensas verbais.

Mariah Carey, de 47 anos, deverá enfrentar um processo em tribunal devido a uma acusação de assédio sexual por parte do seu antigo segurança, Michael Anello.

De acordo com o site TMZ, Annelo trabalhou para a artista entre junho de 2015 e maio de 2017 e alega ter sido humilhado pela cantora. Esta terá ofendido o segurança usando termos como «nazi», «skinhead» e «supremacista branco».

Além disso, Michael revelou que a artista «protagonizou atos sexuais com a intenção de que eles fossem vistos».

Numa viagem feita ao México, Mariah ter-lhe-á pedido que ele fosse ao seu quarto tratar das suas malas. Ao chegar ao local, a artista estaria a usar uma camisola transparente que estava aberta.

O segurança terá tentado fugir, mas a cantora terá insistido num possível envolvimento. Posteriormente, o segurança terá conseguido sair do quarto sem que tivesse havido qualquer contacto físico.

Michael Anello acusa ainda Mariah Carey de lhe estar a dever 200 mil dólares por serviços prestados. O segurança exige agora também o pagamento de 500 mil dólares (cerca de 430 mil euros), relativos a esse contrato de dois anos que lhe terá sido prometido, mas que não foi cumprido.

Veja mais notícias em destaque:

escolas, escola
Grupo de alunos de 14 anos encontrados inconscientes perto da escola no Porto
Em fase terminal, João Ricardo é enganado pelos amigos
Noiva morre no momento em que atira o buquê na Amadora
Eurovisão 2018: Salvador Sobral «está a preparar-se» para estar na final
A mulher que todas imitam está em Portugal
A primeira foto da bebé de Bernardina Brito

Impala Instagram


RELACIONADOS