Réplica de cadáver roubada do set de The Crown quase leva polícia a investigar homicídio

Uma réplica de um cadáver, que tinha sido roubada do set de gravações de The Crown, foi abandonada e quase levou polícia a acreditar ser uma vítima de assassinato.

Réplica de cadáver roubada do set de The Crown quase leva polícia a investigar homicídio

Réplica de cadáver roubada do set de The Crown quase leva polícia a investigar homicídio

Uma réplica de um cadáver, que tinha sido roubada do set de gravações de The Crown, foi abandonada e quase levou polícia a acreditar ser uma vítima de assassinato.

O objetivo dos adereços utilizados nas séries é que fique com uma aparência tão real que consiga convencer quem assiste ao formato. E isto parece ser algo que a equipa de The Crown se pode gabar de conseguir. Ao ponto de quase levarem a polícia a iniciar uma investigação de homicídio. E esta é uma história que precisa de contexto pois uma réplica de cadáver utilizada na famosa série estava tão convincente que quase enganou as autoridades.

Julia Roberts chama “nojento” a ator famoso e obtém resposta 28 anos depois
Foi em 1993 que Julia Roberts chamou nojento ao ator com que dividiu o protagonismo de Adoro Sarilhos. Agora, 28 anos depois, recebe a resposta (… continue a ler aqui)

Quem deu a conhecer este episódio foi Alison Harvey, uma das pessoas responsáveis pela decoração de The Crown. Em conversa com a Variety, Harvey explicou que ladrões levaram qualquer coisa como 193 mil euros em peças do set de gravações. O assalto ocorreu em fevereiro e pouco tempo depois do roubo, os assaltantes decidiram desfazer-se do que consideravam ser menos valioso. Como é o caso de um corpo falso que foi deitado a um rio.

“Era absolutamente idêntico a uma pessoa nua [morta]”

“A polícia estava a tratar o caso como uma investigação de homicídio, porque um dos nossos bonecos, uma prótese, estava a flutuar de bruços num rio perto do local do roubo. Então, pensaram: ‘Temos um assassinado’, sendo que na verdade, era apenas um corpo de borracha. Demorou um pouco até perceberem”, diz entre risos. “Encontrar as antiguidades não era uma prioridade porque tinham um assassinato para investigar”, acrescenta Marin Childs, responsável pelo design de produção da quinta temporada de The Crown.

Ambos destacam ainda o facto de que os ladrões não estarem a par do valor de um daqueles bonecos de borracha, que podem custar qualquer coisa como 15 mil euros. “Era absolutamente idêntico a uma pessoa nua [morta]. Provavelmente, pareceu muito alarmante para os polícias quando o retiraram da água”, conclui Childs. A quinta temporada de The Crown já está disponível na Netflix.

Texto: Bruno Seruca; Fotos: Reprodução IMDb

Impala Instagram


RELACIONADOS