Não foi Rui Vitória quem falhou golo certo aos 94 minutos [vídeo]

Não foi Rui Vitória quem falhou golo certo aos 94 minutos [vídeo]

Receção da equipa de Rui Vitória à dos holandeses marcada mais uma vez por golos falhados, o último aos 94 minutos. O Benfica voltou a falhar quando era só empurrar a bola.

O Benfica de Rui Vitória comprometeu ainda mais o apuramento para os oitavos de final da Liga dos Campeões, fruto do empate a um golo na receção aos holandeses do Ajax, em encontro da quarta jornada do Grupo E. O brasileiro Jonas, que não marcava para a ‘Champions’ desde 16 de fevereiro de 2016, deu vantagem aos ‘encarnados’, aos 29 minutos.

Não foi Rui Vitória quem falhou golo certo aos 94 minutos

Na segunda parte, um minuto após a hora de jogo, o sérvio Dusan Tadic restabeleceu a igualdade. Após um largo período de desorientação, e já com as saídas de Salvio e Jonas por lesão, os ‘encarnados’ reassumiram a vontade de voltarem a marcar, mas faltou ‘faturar’. Nos derradeiros segundos de jogo, na sequência de canto marcado por Pizzi, Gabriel só tinha de empurrar a bola. Acabou por oferecê-la ao guardião camaronês do Ajax, André Onana.

LEIA MAIS: FC Porto investigado por pagamento de prémios a adversários do Benfica

Na classificação, e com duas rondas por disputar, os alemães do Bayern Munique, que venceram em casa o AEK Atenas por 2-0, isolaram-se na frente, com 10 pontos. Com oito, o Ajax mantém a segunda posição. Com quatro, o Benfica tem praticamente como destino a ‘segunda’ divisão da Europa do futebol. Em último, mantêm-se os gregos do AEK, ainda sem qualquer ponto. Em conferência de imprensa, após o jogo, Rui Vitória afirmou que o Benfica perdeu por pormenores. E acrescentou que «é preciso enfrentar a realidade».

Benfica1-1Ajax

LEIA MAIS: FC Porto esmaga Lokomotiv por 4-1 e é líder na Champions [vídeos]

Siga a Impala no Instagram

Impala Instagram


RELACIONADOS

Não foi Rui Vitória quem falhou golo certo aos 94 minutos [vídeo]

Receção da equipa de Rui Vitória à dos holandeses marcada mais uma vez por golos falhados, o último aos 94 minutos. O Benfica voltou a falhar quando era só empurrar a bola.