Sobe para 126 número de mortos nas Filipinas devido a tempestade

Pelo menos 126 pessoas morreram nas Filipinas na sequência da tempestade tropical que atingiu o país no final de dezembro, anunciaram as autoridades em novo balanço.

Sobe para 126 número de mortos nas Filipinas devido a tempestade

Sobe para 126 número de mortos nas Filipinas devido a tempestade

Pelo menos 126 pessoas morreram nas Filipinas na sequência da tempestade tropical que atingiu o país no final de dezembro, anunciaram as autoridades em novo balanço.

De acordo com o relatório hoje divulgado, a maioria das vítimas perdeu a vida em deslizamentos de terra. A tempestade tropical Usman, que atingiu as ilhas centrais e orientais do arquipélago em 29 de dezembro, também provocou inundações.

O balanço anterior apontava para 85 mortos e 20 desaparecidos.

Segundo as autoridades, mais de 100 pessoas morreram na região montanhosa de Bicol, ao sudeste de Manila.

“Em apenas dois dias, a tempestade Usman despejou o equivalente a mais de um mês de chuva na região de Bicol”, disse à agência France-Presse (AFP) Edgar Posadas, porta-voz da agência de gestão de desastres naturais.

Há, ainda, 152.000 deslocados e 75 feridos.

A tempestade tropical entrou nas Filipinas pelo Pacífico e atingiu o continente no dia 29 de dezembro, causando inundações, deslizamentos de terra e provocando falhas de eletricidade um pouco por todo o país.

Usman não chegou a ser classificada de tufão, o que, de acordo com as autoridades filipinas, fez com que as pessoas “ficassem demasiado confiantes”.

Em meados de setembro, no norte do país, mais de 80 pessoas morreram e outras 70 foram dadas como desaparecidas na sequência do tufão Mangkhut, que deixou um rasto de destruição em vários países no Pacífico.

As Filipinas são atingidas todos os anos por cerca de 20 tufões, que causam centenas de mortes e agravam ainda mais a pobreza que atinge milhões de pessoas.

 

 

Impala Instagram


RELACIONADOS