Pastor condenado a 6 anos de prisão violar menina de 13 no aniversário

Rolembergue Cruz, antigo pastor da Igreja Adventista do Sétimo Dia de Tomar foi condenado a mais seis anos de prisão por ter violado uma menor no dia em que esta celebrava 13 anos.

Pastor condenado a 6 anos de prisão violar menina de 13 no aniversário

Pastor condenado a 6 anos de prisão violar menina de 13 no aniversário

Rolembergue Cruz, antigo pastor da Igreja Adventista do Sétimo Dia de Tomar foi condenado a mais seis anos de prisão por ter violado uma menor no dia em que esta celebrava 13 anos.

Rolembergue Cruz, o antigo pastor da Igreja Adventista do Sétimo Dia de Tomar que está cumprir uma pena de sete anos de prisão por abuso sexual de crianças, foi condenado a mais seis anos de cadeia por violação agravada. O Tribunal de Santarém deu como provado que, em março de 2015, o arguido violou a menina que já era vítima dos seus avanços sexuais. Tudo aconteceu no dia em que a menor celebrou 13 anos de idade.

Esta acusação teve origem numa certidão retirada do anterior processo judicial que, em junho de 2019, condenou o pedófilo a sete anos de prisão, acusado de 24 crimes de abuso sexual de criança, cometidos ao longo de seis anos sobre a filho de um casal de fiéis de quem era amigo. De acordo com o acórdão, o arguido, de 60 anos, não demonstrou qualquer sentimento de vergonha, remorso ou arrependimento no julgamento. Mostrou-se indiferente às consequências que os seus atos tiveram, têm e poderão ter na vida da menor.

No dia do crime, e sabendo ser o seu aniversário, o pastor foi buscar a adolescente à escola, em Tomar, e levou-a para sua casa, onde a trancou no quarto, despiu e violou.

LEIA AINDA
Homem viola enteadas menores na casa da família
Homem viola enteadas menores na casa da família
Agressor foi detido pela Polícia Judiciária de Setúbal por crimes de abuso sexual e violação das enteadas, de 15 e nove anos. (… continue a ler aqui)

Impala Instagram


RELACIONADOS