Mulher casa com homem condenado por matar o seu irmão

Crystal Straus casou com o homem que foi condenado, pela justiça, pela morte do seu meio-irmão, em 1987.

Mulher casa com homem condenado por matar o seu irmão

Mulher casa com homem condenado por matar o seu irmão

Crystal Straus casou com o homem que foi condenado, pela justiça, pela morte do seu meio-irmão, em 1987.

Crystal Straus casou com o homem que foi condenado, pela justiça, pela morte do seu meio-irmão, em 1987. A relação entre Crystal Straus e John Tiedjen teve início quando a mulher lhe escreveu uma carta a dizer que o perdoava pelo crime. O casal celebrou a união enquanto John Tiedjen se encontra em prisão domiciliária – após 32 anos numa cela – a aguardar a repetição do julgamento.

Em declarações ao canal News 5 Cleveland, John Tiedjen, explicou que respondeu à carta de Crystal Straus dizendo “que não tinha sido ele” e a pedir para ela ver com atenção o processo. “Acredito em Deus, sei coisas sobre o que se passou, mas não fui eu”, conclui. No passado dia 22 de julho, John recebeu a notícia de que o julgamento seria repetido com base em novas imagens e relatórios da polícia. O seu advogado defende que a vítima se suicidou. Ambos eram colegas de quarto e, na altura, John Tiedjen acabou por assinar uma confissão, assumindo que matara McGary em legítima defesa.

Crystal Straus acredita que neste novo julgamento o marido vai ser declarado “inocente”. O pedido de casamento, agora consumado, foi feito no dia de Ano Novo, em 2020, meses antes de John Tiedjen saber que ia ser libertado e ter direito a um segundo julgamento.

LEIA AINDA
Mulher detida após esfaquear até à morte bebé de 8 meses
Mulher detida após esfaquear até à morte bebé de 8 meses
Uma mulher foi detida por suspeita de ter assassinado Liam O’Keefe, um bebé de oito meses à facada e deixar a sua irmã, uma criança de dois anos, a lutar pela vida. (… continue a ler aqui)

Impala Instagram


RELACIONADOS