Morreu o designer italiano Enzo Mari

Enzo Mari foi o nome pioneiro da “Nuova Tendenza” da década de 1970. O designer italiano morreu em Milão, aos 88 anos.

Morreu o designer italiano Enzo Mari

Morreu o designer italiano Enzo Mari

Enzo Mari foi o nome pioneiro da “Nuova Tendenza” da década de 1970. O designer italiano morreu em Milão, aos 88 anos.

Enzo Mari morreu na segunda-feira (19), em Milão, Itália. Trata-se do deginer italiano que marcou a “Nuova Tendenza” ou não estivéssemos a falar do grande nome desse movimento. A notícia da morte de Enzo Mari foi anunciada pelo arquiteto Stefano Boeri, presidente do Museu da Trienal de Milão, local no qual se pode ver uma retrospetiva da carreira do designer.

LEIA AINDA

Cristina Ferreira pediu mais um mês para apresentar defesa ao pedido de indemnização da SIC

“Ciao, Enzo. Partes como um gigante”, escreveu Stefano Boeri nas redes sociais do museu. Enzo Mari estava internado há alguns dias no Hospital de San Raffaelle, na capital da Lombardia. Nascido em Cerano, Novara, em 1932, o designer frequentou a Academia de Belas Artes de Brera, em Milão.

Enzo Mari é o autor do famoso sofá-cama Day Night, bem como das célebres cadeiras Tonietta, Sedia e Sof Sof. Bem como de tantos outros objetos como é o caso da jarra Camicia, o calendário Timor, o porta-folhas Sumatra, o cesto de papéis Inattesa e o cinzeiro Paros. Criações que fazem com que seja unanimemente reconhecido como um dos designers mais inovadores da segunda metade do século XX.

Enzo Mari esteve em Lisboa em 2011

Apesar de todas estas criações, um dos primeiros objetos que criou foi um puzzle didático de madeira chamado 16 animali, criado em 1957. Foi ainda autor de muitos livros infantis, criados em parceira com a companheira, Lela Mari. Foi ainda professor na Universidade de Parma, na Acxademia de Carrara, no Politécnico de Milão, no Instituto Superior de Arquitetura de Florença, na Escola Superior de Belas Artes de Berlim e na Escola de Artes Aplicadas de Viena. Em 2011 esteve em Lisboa, participando nas conferências da bienal experimenta design.

Foto: Reprodução Twitter

Impala Instagram


RELACIONADOS