Agrediu cão e matilha juntou-se para lhe destruir o carro [vídeo]

Agrediu um cão e a matilha juntou-se para lhe destruir o carro. Momento foi registado em vídeo pelas câmaras de segurança de uma rua, no México.

Um homem agrediu um cão e a matilha juntou-se para lhe destruir o carro. O momento foi registado em vídeo pelas câmaras de segurança de uma rua, no México.

LEIA MAIS: O que acontece a uma criança esquecida num carro [vídeo]

As imagens contam já com mais de 100 mil partilhas na rede social Facebook e são impressionantes. Os cães, juntos, conseguem mesmo desmantelar parte do automóvel, perante o olhar incrédulo de algumas testemunhas.

Contudo, ninguém se quis aproximar, com medo de ser atacado pelos animais enraivecidos. Esta atitude, insólita, tem uma explicação. Momentos antes do ataque concertado ao automóvel, o dono do veículo tinha pontapeado um cão, sem motivo aparente.

Matilha assistiu à agressão e uniu-se para a vingança

Os restantes animais assistiram à agressão. Decidiram esperar que o proprietário do carro fosse embora para encetar o ataque, que durou vários minutos.

O dono do veículo, ao regressar, viu os estragos que tinham sido feitos no seu carro e solicitou, às autoridades, as imagens das câmaras de segurança da rua onde se deu o incidente.

LEIA MAIS: Os 5 erros que se cometem ao usar o ar condicionado

Foi o próprio que, ao ver as imagens, reconheceu o cão que tinha agredido e contou toda a história por detrás do ataque. Contudo, afirmou não ter agredido o animal, dizendo que este estava deitado no lugar de estacionamento que pretendia e que apenas o enxotou.

«Toquei a buzina, gritei e fiz de tudo um pouco. Como o cão não se levantava, tive de o empurrar com o pé, várias vezes, para poder estacionar», avançou.

LEIA MAIS: Professora apanhada no carro a fazer sexo com aluno menor

Os internautas não acreditaram nesta versão da história e encetaram uma campanha de culpabilização do condutor do veículo. Por outro lado, o proprietário do automóvel exigiu a Câmara municipal o pagamento dos danos do carro, alegando que «são eles que têm de tirar os cães da rua».

Vídeo revela fúria da matilha a destruir o carro

TAMBÉM LHE PODE INTERESSAR
Casa Pia – E Agora? | Grande Reportagem: Megaprocesso ou erro tremendo? [vídeo]

E se o Processo de pedofilia na Casa Pia tivesse sido um erro? ‘Arrependidos’ desmentem depoimentos, afirmam terem sido pagos para mentir e revelam ameaças de morte.

«Pai, és inocente de tudo quanto te acusam?» [Marta Cruz, filha de Carlos Cruz]
Na passada terça-feira, 26 de junho, o Tribunal Europeu dos Direitos do Homem (TEDH) deu em parte razão ao apresentador Carlos Cruz. Para os juízes daquela instância supranacional, a aplicação da Justiça no processo Casa Pia falhou.

O TEDH concluiu que o Tribunal da Relação de Lisboa devia ter aceitado as novas provas apresentadas por Carlos Cruz no recurso. O que não aconteceu.

«Estão a lançar junto dos miúdos nomes falsos, com algumas ‘notazitas’ à mistura. Não são precisas muitas», Catalina Pestana

Entre estas novas provas estavam, por exemplo, a admissão de Teresa Costa Macedo de que mentiu no ‘lançamento’ do caso Casa Pia. Foi, aliás, condenada por «crimes de falsidade de testemunho no julgamento do processo Casa Pia».

A antiga secretária de Estado para a Família entre 1980 e 1983, com a tutela da maior instituição de acolhimento do País, não tinha identificado Carlos Cruz , como dissera, em fotografias de relatórios que guardara desde aqueles anos da década de 1980.

Veja esta grande reportagem, no vídeo que está a levantar polémica junto de toda a sociedade, AQUI.


RELACIONADOS

Agrediu cão e matilha juntou-se para lhe destruir o carro [vídeo]

Agrediu um cão e a matilha juntou-se para lhe destruir o carro. Momento foi registado em vídeo pelas câmaras de segurança de uma rua, no México.