Mais de 3 mil pessoas retiradas no sul de Espanha devido a um incêndio

Mais de 3 mil pessoas foram retiradas preventivamente de dois municípios devido a um incêndio que atinge a região, nomeadamente a Serra de Mijas, em Málaga.

Mais de 3 mil pessoas retiradas no sul de Espanha devido a um incêndio

Mais de 3 mil pessoas retiradas no sul de Espanha devido a um incêndio

Mais de 3 mil pessoas foram retiradas preventivamente de dois municípios devido a um incêndio que atinge a região, nomeadamente a Serra de Mijas, em Málaga.

Mais de 3.000 pessoas foram retiradas preventivamente de dois municípios devido a um incêndio que atinge a região, nomeadamente a Serra de Mijas, em Málaga, no sul de Espanha, disseram hoje as autoridades locais. Os meios aéreos retomaram hoje as tarefas de extinção do incêndio declarado nesta sexta-feira na Serra de Mijas, que atinge também os municípios de Alhaurín el Grande e Alhaurín de la Torre (Málaga, Andaluzia), onde foi realizada uma retirada preventiva de 3.065 pessoas.

Durante as primeiras horas de hoje, um total de 765 moradores da área externa da urbanização Pinos de Alhaurín de la Torre foram retirados, o que eleva para 1.065 moradores retirados nesta cidade, que se soma a outros 2.000 em Alhaurín el Grande. As autarquias dos municípios afetados instalaram no pavilhão municipal Alhaurín El Grande e o centro desportivo El Limón em Alhaurín de la Torre como abrigos temporários para aqueles que não podem ir para as casas de familiares ou amigos. Os recursos aéreos voltaram hoje para ajuda na tarefa de extinção do fogo, um retorno que será gradual, primeiro com três helicópteros.

Isso deve-se ao perigo que representa a falta de visibilidade devido à densa coluna de fumo existente e, à medida que se dissipa, outras aeronaves serão adicionadas, como explicou à agência de notícias EFE um porta-voz do Plano Infoca (Serviço de Extinção de Incêndios Florestais de Andaluzia). A área afetada pelo incêndio, cerca de 800 hectares segundo o perímetro provisório feito esta sexta-feira, será atualizada assim que for realizado um voo de reconhecimento na área, indicou o porta-voz.

Durante a noite de sexta-feira, cerca de 300 bombeiros florestais de Málaga e de outras províncias da Andaluzia como Almería, Granada e Cádiz trabalharam para controlar o fogo em vários focos de incêndio. Por outro lado, o incêndio registado na quinta-feira entre Fuenmayor (La Rioja) e Lapuebla de Labarca (Álava), no noroste do país, já foi extinto, depois de destruir 10 hectares de floresta.

O governo de La Rioja informou hoje que o fogo foi extinto na noite de sexta-feira, mas o trabalho de vigilância foi mantido caso surja mais algum foco. O incêndio ocorreu junto ao rio Ebro e junto à linha férrea, o que levou na quinta-feira à interrupção por duas vezes da circulação ferroviária para facilitar os trabalhos de extinção e não afetar a catenária da linha férrea.

Impala Instagram


RELACIONADOS