Mais de 100 detidos em operação contra tráfico humano

Uma operação internacional contra o tráfico de pessoas, coordenada pela Interpol e realizada entre 21 e 25 de março, que incluiu a participação de Portugal, deteve 121 pessoas em 25 países e resgatou 80 vítimas, avançou hoje a organização policial.

Mais de 100 detidos em operação contra tráfico humano

Mais de 100 detidos em operação contra tráfico humano

Uma operação internacional contra o tráfico de pessoas, coordenada pela Interpol e realizada entre 21 e 25 de março, que incluiu a participação de Portugal, deteve 121 pessoas em 25 países e resgatou 80 vítimas, avançou hoje a organização policial.

Uma operação internacional contra o tráfico de pessoas, coordenada pela Interpol e realizada entre 21 e 25 de março, que incluiu a participação de Portugal, deteve 121 pessoas em 25 países e resgatou 80 vítimas, avançou hoje a organização policial. Além de Portugal, Espanha, França, Alemanha, Roménia, Vietname, China ou Laos são alguns dos países que participaram nas investigações, entre outros.

Trânsito condicionado em Lisboa devido a obras no IC19 e Eixo Norte/Sul

As vias rodoviárias do Eixo Norte/Sul e do IC19, na região de Lisboa, vão ser alvo de obras de manutenção, situação que poderá levar a condicionamentos pontuais de tráfego (…continue a ler aqui)

Operação conseguiu identificar 3.400 imigrantes irregulares

A operação, intitulada de “Storm Makers”, teve como objetivo aplicar a lei contra grupos de crime organizado suspeitos de facilitar a travessia entre fronteiras de homens, mulheres e crianças asiáticas, para mais tarde serem explorados ou vendidos.

O dispositivo policial, que estabeleceu uma unidade de coordenação em Hanoi, no Vietname, e outra em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos, conseguiu identificar 3.400 imigrantes irregulares e desencadeou 193 novas investigações judiciais, afirmou a Interpol em comunicado.

Segundo o secretário-geral da Interpol, Jürgen Stock, os valores agora apurados por esta operação de imigrantes canalizados para redes de tráfico humano refletem a dimensão da problemática: “A Interpol continuará a tentar garantir que quem esteja por detrás destas atividades deploráveis seja levado diante a justiça”.

 

 

 

Impala Instagram


RELACIONADOS