Julgado por tentar matar ex-namorada e amiga com caçadeira

Amor não correspondido leva suspeito a preparar emboscada à porta do trabalho da vítima, num lar na Vidigueira. Tentou matar a ex-namorada e uma amiga desta.

Julgado por tentar matar ex-namorada e amiga com caçadeira

Julgado por tentar matar ex-namorada e amiga com caçadeira

Amor não correspondido leva suspeito a preparar emboscada à porta do trabalho da vítima, num lar na Vidigueira. Tentou matar a ex-namorada e uma amiga desta.

O suspeito dirigiu-se a um lar na Vidigueira e tentou matar a ex-namorada e uma amiga desta. Desferiu, pelas costas, três tiros de caçadeira à queima-roupa. Depois, fugiu e refugiou-se em casa, em Beja. Ingeriu uma substância química na tentativa de suicidar-se, mas não foi bem sucedido. Acabou detido pela GNR pouco depois e começa esta segunda-feira, 16 de novembro, a ser julgado.

LEIA DEPOIS
Suspeito de matar irmã e pai em Torres Vedras detido na Amadora

Abandonou as vítimas no chão, a sangrar, à porta do lar na Vidigueira

Paulo Duarte, de 54 anos, começa a ser julgado no Tribunal de Beja pelos crimes cometidos na madrugada de 27 de fevereiro deste ano. Paulo pretendia fazer vida com a mulher por quem se apaixonara, mas ficou transtornado depois de a vítima lhe ter dito que queria reatar relação com um ex-namorado. Paulo muniu-se de uma caçadeira e escondeu-se na vegetação junto ao local de trabalho da vítima e, quando esta e uma colega saíram, o arguido efetuou três disparos pelas costas. Abandonou-as no chão a sangrar. e fugiu.

LEIA AGORA
Chantagem sexual através da Internet: saiba o que é a sextortion

Impala Instagram


RELACIONADOS