Jovens ativistas pelo clima condenados a multa de 295 euros

Os quatro jovens ativistas pelo clima que ocuparam a Faculdade de Letras de Lisboa há cerca de um mês foram hoje condenados a uma pena de multa de 295 euros por um crime de desobediência.

Jovens ativistas pelo clima condenados a multa de 295 euros

Jovens ativistas pelo clima condenados a multa de 295 euros

Os quatro jovens ativistas pelo clima que ocuparam a Faculdade de Letras de Lisboa há cerca de um mês foram hoje condenados a uma pena de multa de 295 euros por um crime de desobediência.

“Independentemente das causas que cada um abraça, tem de o fazer de acordo com as regras da sociedade”, disse o juiz António Calado na leitura da sentença no Campos da Justiça, em Lisboa. Os quatro ativistas pelo clima consideraram que as suas detenções pela PSP no dia 11 de novembro, na Faculdade de Letras de Lisboa, resultaram de uma “decisão arbitrária” da direção daquela universidade.

Para ler depois
Mais de 230 recifes de coral ameaçados de extinção em todo o mundo
Os recifes de coral cobrem apenas 0,1% do Planeta, mas abrigam cerca de 25 a 30% de toda a vida aquática. Das mais de 5 mil espécies, 232 estão ameaçadas de extinção (… continue a ler aqui)

Na altura, os jovens – conhecidos no meio estudantil por “Ana”, “Nemo”, “Artur” e “Mateus” – alegaram que não estavam a incomodar ninguém com o “protesto pacífico” em defesa do clima. Na segunda semana de novembro deste ano, seis escolas secundárias e faculdades em Lisboa foram ocupadas por grupos de estudantes que protestavam pelo fim da exploração dos combustíveis fósseis até 2023.

Impala Instagram


RELACIONADOS