Homem arrisca 20 anos de prisão por dar comida a migrantes

Scott Daniel Warren pode ser condenado a 20 anos de prisão por ajudar migrantes com água, comida e abrigo.

Homem arrisca 20 anos de prisão por dar comida a migrantes

Homem arrisca 20 anos de prisão por dar comida a migrantes

Scott Daniel Warren pode ser condenado a 20 anos de prisão por ajudar migrantes com água, comida e abrigo.

Um voluntário americano começou esta semana a ser julgado num tribunal no Arizona, Estados Unidos, por «conspiração por transportar e dar abrigo a migrantes» e arrisca a uma pena que pode ir até aos 20 anos de prisãoScott Daniel Warren, de 36 anos, é acusado deste crime por ajudar migrantes com água, comida e abrigo.

Este caso é uma alusão às políticas repressivas da Administração Trump, que tem como bandeira a construção de um muro na fronteira com o México. Por um lado, as organizações de ajuda humanitárias tentam evitar a morte dos imigrantes ilegais no deserto. No entanto, há também quem defenda que estas ações pretendem apenas a entrada ilegal de imigrantes nos Estados Unidos.

Scott Daniel Warren é membro da organização humanitária No More Deaths/No Más Muertes, cujo mote é acabar com a morte de imigrantes sem documentação que tentam atravessar a fronteira do México com os Estados Unidos. Contudo, a justiça americana acredita que este é um golpe para evitar que os imigrantes sejam capturados.

O caso remonta a janeiro do ano passado, quando o voluntário ajudou dois imigrantes, que tinham atravessado ilegalmente a fronteira, com água, comida, cuidados médicos, roupas limpas e um local para dormir. Três dia depois, já prontos para ir embora, foram detidos juntamente com Scott Daniel Warren.

A detenção já levou a Amnistia Internacional a pronunciar-se, numa carta aberta às autoridades americanas, onde pede ao Departamento de Justiça que retire as acusações contra Warren e pare de «criminalizar ajuda humanitária».

LEIA MAIS

Previsão do tempo para quarta-feira, 5 de junho de 2019

Tribunal europeu obriga Portugal a pagar 4 milhões de euros a família espanhola

Impala Instagram


RELACIONADOS