Grávida de 22 anos morta em plena rua pelo companheiro

O crime foi perpetrado perante a polícia e várias testemunhas. Só quando a jovem de 22 anos foi golpeada com uma faca é que agiram

Grávida de 22 anos morta em plena rua pelo companheiro

Grávida de 22 anos morta em plena rua pelo companheiro

O crime foi perpetrado perante a polícia e várias testemunhas. Só quando a jovem de 22 anos foi golpeada com uma faca é que agiram

Diana Carolina Ramírez tinha 22 anos, dois filhos, e estava grávida de quatro meses. Foi mantida refém durante mais de uma hora pelo alegado ex companheiro e acabou por ser esfaqueada várias vezes, em frente à polícia e várias testemunhas.

Tudo aconteceu na praça principal da cidade de Ibarra, no Equador.

Tudo terá começado com uma discussão na praça principal da cidade. «Quero que todos saiam, vou perder a paciência, estou a avisar», sabe-se, de acordo com imagens de vídeo captadas no momento.

A polícia foi chamada ao local mas só quando a jovem de 22 anos foi golpeada com uma faca é que agiu.

Nas imagens que foram partilhadas, pode ouvir-se várias pessoas a incentivar a polícia a disparar contra Rafael Yordi, venezuelano de 22 anos.

A atuação da polícia no local está a ser alvo de várias críticas, incluindo de dentro do Governo e do Presidente do país. A ministra do Interior, María Paula Romo, disse que «a morte de Diana poderia ter sido evitada com o uso da força da Polícia Nacional».

Os pais têm-se mantido em silêncio mas já vieram pedir que a morte da filha nãos e torne numa questão política.

LEIA MAIS: Matou a namorada, retirou-lhe os implantes mamários e regou-a com soda cáustica

Impala Instagram


RELACIONADOS