Jovem estudante de Manchester assegura: «Eu sou Madeleine McCann»

Harriet Brookes, estudante de Manchester, na Universidade de Leeds assegura que tem marcas nos olhos que coincidem com as de Madeleine McCann, assim como manchas numa das suas pernas.

Jovem estudante de Manchester assegura: «Eu sou Madeleine McCann»

Jovem estudante de Manchester assegura: «Eu sou Madeleine McCann»

Harriet Brookes, estudante de Manchester, na Universidade de Leeds assegura que tem marcas nos olhos que coincidem com as de Madeleine McCann, assim como manchas numa das suas pernas.

O caso Maddie, a criança desaparecida a 3 de maio de 2007 na Praia da Luz, no Algarve, foi um dos mais mediáticos em todo o mundo. O mistério do desaparecimento de Madeleine McCann, porém, mantém e adensa-se.

As autoridades continuam sem desvendar o caso e mantém-se secreto o que ocorreu naquela noite em que a criança desapareceu do apartamento onde dormia, sozinha com os irmãos mais novos, na Praia da Luz.

LEIA MAIS: Previsão do tempo para sexta-feira, 26 de abril

Para os pais, Gerry e Kate McCann, a esperança não se esgota. Continuam a lutar para obter respostas sobre o dia «mais amargo» das suas vidas.

Recentemente, soube-se que a investigação já ‘sorveu’ 15 milhões de euros e prossegue, desta vez focados na presença de uma pessoa que poderia ter a chave para a resolução do caso. Trata-se «de uma mulher vestida de roxo» vista em «atividades suspeitas no dia em que desapareceu Maddie».

Estudante assegura que tem «marcas nos olhos que coincidem com as de Maddie», assim como «manchas numa das pernas»

Jovem estudante de Manchester assegura: «Eu sou Madeleine McCann»

Agora, porém, as redes socias estão a ser inundadas de comentários contra uma jovem estudante que assegura ser Madeleine McCann. Harriet Brookes estuda na universidade de Leeds, em Manchester, Inglaterra, e assegura que tem «marcas nos olhos que coincidem com as de Maddie», assim como «manchas numa das pernas».

A afirmação da jovem foi publicada na Internet e jamais pensou que todos se virariam contra ela, por considerarem, na sua maioria, que se trata de «brincadeira de muito maus-gosto» para com os pais da menina desaparecida.

LEIA MAIS: Davide Astori, capitão da Fiorentina, morto em quarto de hotel deixa viúva e bebé de 1 ano

Os seguidores de Harriet na Internet condenam-na e consideram que está a agir como «idiota, que apenas procura atenção ao denunciar ser uma menina desaparecida há já mais de uma década, e que teria agora 14 anos, menos cinco do que ela».

Perante as reações nas redes sociais, a jovem explicou tratar-se «de uma piada» que havia atingido proporções de que não estava à espera. O caso prossegue entretanto, em busca da pequena McCann.

Harriet Brookes espera que «Madeleine possa voltar a encontrar-se com os pais» e diz-se «arrependida dos atos irrefletidos»

Jovem estudante de Manchester assegura: «Eu sou Madeleine McCann»

Os investigadores do caso de Madeleine McCann prosseguem o seu trabalho, concentrados numa quantidade de «novas evidências». Reviram mais de 40 mil documentos e recolheram «1.338 novos depoimentos e 1.027 novas provas».

No total, há relatos de 8.685 potenciais avistamentos de Madeleine em todo o mundo. Segura de que brincou com a esperança e a dor de Gerry e Kate McCann, a jovem estudante de Manchester, Harriet Brookes, espera que «Maddie possa voltar a encontrar-se com os pais» e diz-se «arrependida dos atos irrefletidos que provocaram tanta revolta» nas redes sociais.

LEIA MAIS: Ricardinho de luto: «cada hora que passa dói mais»

Impala Instagram


RELACIONADOS