Cannabis inibe a replicação de covid-19 em células pulmonares humanas

Descoberta sobre composto da cannabis está em avaliação pelas instituições de Saúde e pode vir a ser uma ferramenta valiosa no tratamento de sequelas da covid-19.

Cannabis inibe a replicação de covid-19 em células pulmonares humanas

Cannabis inibe a replicação de covid-19 em células pulmonares humanas

Descoberta sobre composto da cannabis está em avaliação pelas instituições de Saúde e pode vir a ser uma ferramenta valiosa no tratamento de sequelas da covid-19.

Estudo revela que o composto CBD da cannabis impede a replicação da covid-19 nas células epiteliais do pulmão, sugerindo que o medicamento vegetal possui outra surpreendente qualidade.

Além disso, dados observacionais de pacientes medicados com CBD antes de serem testados ao novo coronavírus mostraram que o uso estava associado a uma taxa de incidência de infecção significativamente menor do que aqueles que não estavam a tomar CBD.

Medido em conjunto com o metabólito 7-OH-CBD, o canabidiol (CBD) inibiu a expressão de certos genes dentro das células virais e reverteu as mudanças na expressão génica no interior das células pulmonares resultantes da presença de covid-19 – por outras palavras, tem um papel protetor e terapêutico.

Composto da cannabis bloqueia também a proteína spike, porta de entrada do vírus nas células

Também foi descoberto que bloqueia a expressão de RNA viral, incluindo a codificação da proteína spike, ferramenta com a qual o vírus entra nas nossas células.

Outra descoberta crucial é a de que o CBD “reverteu efetivamente” o desencadeamento de uma resposta hiperinflamatória – a chamada “tempestade de citocinas” provocada pela presença do vírus, restaurando as células não a um nível pré-viral de inflação, mas num estado equivalente ao que se verifica nas células depois de tratadas apenas com CBD.

A tempestade de citocinas é uma das principais causas de morte resultante de uma infecção por covid-19. Uma variedade de outros canabinoides também foi testada, mas no final do estudo apenas o CBD teve efeitos positivos sobre as células infectadas com o novo coronavírus.

“procedemos a ensaios clínicos controlados por placebo cuidadosamente projetados com concentrações conhecidas e formulações altamente caracterizadas para definir o papel do CBD na prevenção e tratamento da infecção precoce por SARS-CoV-2”, explicam os autores. Uma pré-publicação do estudo está já disponível na revista Bio RXIV enquanto não é aprovado oficialmente.

LEIA AGORA
Pediatra do nariz de palhaço submetido a amputação do pé mantém alegria de viver
Pediatra do nariz de palhaço submetido a amputação do pé mantém alegria de viver
O icónico pediatra Patch Adams – interpretado no cinema por Robin Williams – dedicou os últimos 50 anos de vida a tratar de forma gratuita milhares de pacientes. Hoje, foi ele quem precisou de ajuda. (… continue a ler aqui)

Impala Instagram


RELACIONADOS