Animador de casamentos rapta e abusa da prima da noiva em Gondomar

Conheceram-se num casamento, no qual o arguido era o animador musical da cerimónia e a mulher prima da noiva. Na festa, o homem entregou-lhe um pedaço de papel com o número de telemóvel.

Animador de casamentos rapta e abusa da prima da noiva em Gondomar

Animador de casamentos rapta e abusa da prima da noiva em Gondomar

Conheceram-se num casamento, no qual o arguido era o animador musical da cerimónia e a mulher prima da noiva. Na festa, o homem entregou-lhe um pedaço de papel com o número de telemóvel.

Conheceram-se num casamento, em julho de 2017, no qual o arguido era o animador musical da cerimónia e a mulher prima da noiva. Na festa, o homem entregou-lhe um pedaço de papel com o número de telemóvel. Meses depois, e após se encontrarem e terem tomado café, explicou-lhe que não tinha interesse romântico nele. Sentindo-se rejeitado, decidiu preparar-lhe um cilada: raptou-a e tentou violá-la num pinhal, em Gondomar.

Mal entrou no carro, o homem tornou-se logo agressivo: “Eu já queria isto da última vez, gozaste comigo. Não me enerves. Fiquei com raiva de não teres feito nada antes. Vais pagar por tudo”, disse, enquanto a vítima tentava sair a todo o custo do veículo em andamento. Já na zona de floresta, para onde a levou à força, agarrou-lhe nos braços e arrastou-a para fora do carro. Puxou-lhe o vestido para cima e com o uso da força, empurrou-a para o capô do carro, onde lhe deu um estalo e tentou violá-la. “Cala-te p…, que assim não me excitas. Se estiveres calma isto é rápido”, gritou-lhe.

Obrigada a ver o agressor a masturbar-se

Mas o terror da mulher não ficou por aqui, tendo sido obrigada a entrar na bagageira do carro enquanto se debatia para evitar ser abusada sexualmente: “Isto é uma violação. Não quero”, gritava a vítima, implorando para que o agressor parasse o ataque. No fim, foi forçada a ver o homem a masturbar-se, metida de novo no carro e abandonada na rua.

LEIA AINDA
Homem obcecado que violou agente imobiliária tentou atacar outra mulher
Homem obcecado que violou agente imobiliária tentou atacar outra mulher
Edgar Teodoro, o pintor de construção civil, de 25 anos, detido por violar e esfaquear uma agente imobiliária, terá usado o mesmo esquema com outra mulher do mesmo ramo. (… continue a ler aqui)

Impala Instagram


RELACIONADOS