Aldeias de Crianças SOS alertam para situação de milhões de meninos “invisíveis”

Aldeias de Crianças SOS celebram o 30.º aniversário da Convenção dos Direitos da Criança com o lançamento de uma campanha digital em 80 países, destinada a alertar a população para a situação de milhões de menores no mundo.

Aldeias de Crianças SOS alertam para situação de milhões de meninos

Aldeias de Crianças SOS alertam para situação de milhões de meninos “invisíveis”

Aldeias de Crianças SOS celebram o 30.º aniversário da Convenção dos Direitos da Criança com o lançamento de uma campanha digital em 80 países, destinada a alertar a população para a situação de milhões de menores no mundo.

Aldeias de Crianças SOS celebram o 30.º aniversário da Convenção dos Direitos da Criança com o lançamento de uma campanha digital em 80 países, destinada a alertar a população para a situação de milhões de menores no mundo. Estima-se que uma em cada 10 crianças, 220 milhões, viva sem os cuidados de uma mãe ou de um pai, afirma a organização, em comunicado emitido hoje.

LEIA DEPOIS
Dá à luz bebé saudável depois de receber ordem para abortar 14 vezes

Aldeias de Crianças SOS não se conformam com esta realidade

A campanha, designada “iseeyou” (eu vejo-te) pretende alertar para a situação das crianças “invisíveis” e foi gravada em Londres e na Jordânia. “É importante alertar a sociedade para que não feche os olhos a todas as crianças do mundo que são negligenciadas, abusadas, abandonadas ou em fuga”, defende a instituição, que em Portugal está presente desde 1964. A campanha pode ser apoiada através da partilha de um vídeo nas redes sociais (com a “hasthag” #iseeyou) ou através de uma doação.

“As Aldeias de Crianças SOS não se conformam com esta realidade das crianças invisíveis”, lê-se no documento. Em Portugal, desde que foi fundada, a organização apoiou mais mil crianças e jovens nas três aldeias que tem instaladas em Cascais (Bicesse), na Guarda e em Vila Nova de Gaia (Gulpilhares). Nestes espaços vivem atualmente cem crianças e jovens, de acordo com os números hoje divulgados.

LEIA MAIS
Previsão do tempo para sexta-feira, 13 de setembro
Polícia de Hong Kong proíbe manifestação convocada para domingo

Impala Instagram


RELACIONADOS