Turquia espera apoio de Rússia e Irão na “luta contra o terrorismo”

A Turquia espera ter “o apoio da Rússia e do Irão na luta contra o terrorismo” na Síria, indicou hoje o Presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, ao sublinhar que “as palavras não são suficientes”.

Turquia espera apoio de Rússia e Irão na

Turquia espera apoio de Rússia e Irão na “luta contra o terrorismo”

A Turquia espera ter “o apoio da Rússia e do Irão na luta contra o terrorismo” na Síria, indicou hoje o Presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, ao sublinhar que “as palavras não são suficientes”.

“O que aguardamos da Rússia e do Irão é o seu apoio face ao terrorismo”, insistiu, após ter citado as principais formações curdas que operam no nordeste da Síria, junto à fronteira turca, e onde voltou a ameaçar intervir diretamente. Nas mesmas declarações, proferidas a partir de Teerão, Erdogan afirmou que a Turquia continuará “em breve” a sua “luta contra as organizações terroristas” na Síria.

“Deve ficar claro para todos que não há lugar na região para os movimentos terroristas separatistas e os seus apoiantes. Em breve continuaremos a nossa luta contra as organizações terroristas”, advertiu o chefe de Estado turco, falando ao lado dos seus homólogos russo e iraniano, Vladimir Putin e Ebrahim Raisi, respetivamente, no final de uma cimeira tripartida que hoje decorreu na capital iraniana.

Erdogan e Putin deslocaram-se hoje a Teerão para conversações com Raisi, sobre o conflito na Síria, mas também sobre a guerra na Ucrânia. No âmbito das conversações, o Irão e a Turquia assinaram oito documentos de cooperação e um memorando de entendimento em diversas áreas. Após a reunião com o homólogo turco, o líder iraniano sublinhou a determinação da República Islâmica em desenvolver os laços com os seus vizinhos.

“A Turquia tem uma posição muito favorável nas relações políticas e comerciais da República Islâmica do Irão na região”, sublinhou Raisi, que também enfatizou os laços entre os dois países e a necessidade de reforçarem as suas trocas comerciais. O Irão manifestou a sua disposição em fornecer energia à Turquia através das exportações de gás, anunciando um prolongamento do contrato para os próximos 25 anos e um eventual aumento da quantidade exportada em direção ao país vizinho. Raisi definiu a visita de Erdogan ao Irão como um “ponto de inflexão para melhorar o nível de cooperação entre os dois países”.

Impala Instagram


RELACIONADOS